Porto Alegre, terça-feira, 30 de novembro de 2021.
Dia da Reforma Agrária.
Porto Alegre,
terça-feira, 30 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado de Capitais

- Publicada em 30/11/2021 às 03h00min.

Bolsa sobe 0,58% com recuperação global

/

Após o tombo de 3,39% na sexta-feira, o Ibovespa teve recuperação parcial neste começo de semana, chegando a ficar bem perto de zerar as perdas do mês (-0,66% ao fim) faltando a sessão desta terça-feira para o encerramento de novembro - que será o fiel da balança para determinar se a referência da B3 estenderá a série negativa iniciada em julho ou se chegará a dezembro, quem sabe, em busca de alguma recuperação de fim de ano, com as perdas do Ibovespa agora a 13,61% em 2021.

Após o tombo de 3,39% na sexta-feira, o Ibovespa teve recuperação parcial neste começo de semana, chegando a ficar bem perto de zerar as perdas do mês (-0,66% ao fim) faltando a sessão desta terça-feira para o encerramento de novembro - que será o fiel da balança para determinar se a referência da B3 estenderá a série negativa iniciada em julho ou se chegará a dezembro, quem sabe, em busca de alguma recuperação de fim de ano, com as perdas do Ibovespa agora a 13,61% em 2021.

Desde o primeiro semestre de 2013, quando o Ibovespa registrou seis perdas mensais consecutivas, não se vê série negativa tão extensa, caso se consume a quinta retração neste novembro. As quatro retrações seguidas, entre julho e outubro de 2021, haviam igualado o intervalo entre novembro de 2013 e fevereiro de 2014.

Nesta segunda-feira, o índice perdeu boa parte da força na reta final da sessão, em alta limitada a 0,58%, a 102.814 pontos no fechamento. O giro financeiro nesta penúltima sessão do mês ficou em R$ 24,6 bilhões.

O avanço do Ibovespa se acentuou moderadamente após o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ter dito que a cepa da Covid-19, a Ômicron, é motivo de preocupação, mas não de pânico. Segundo ele, é possível que não haja necessidade de medidas adicionais para combater a nova variante, como restrições a viagens a outros países, por exemplo. A fala de Biden foi bem recebida no mercado americano, dando apetite extra ao investidor na B3.

Acompanhando Nova York e o petróleo neste início de semana, também em recuperação parcial ante a onda de medo global vista na última sexta-feira, o dia foi de recuperação bem distribuída pelas ações e setores de maior peso no Ibovespa, com algumas exceções negativas, entre as quais o setor financeiro, que ao fim cedeu os ganhos moderados vistos mais cedo. Na ponta positiva, destaque para Getnet( 11,21%), Locaweb ( 6,77%) e Usiminas ( 6,12%). No lado oposto, Cyrela (-3,70%), CVC (-2,68%) e B3 (-2,38%).

Entre as blue chips, Petrobras ON e PN subiram 3,39% e 3,51%, respectivamente, e Vale ON fechou em alta de 1,25%, enquanto, no setor financeiro, as perdas chegaram a 1,20% (Unit do Santander), com apenas BB ON ( 0,16%) sustentando leve ganho no encerramento, entre os grandes bancos.

No câmbio, o dólar à vista iniciou a semana em alta no mercado doméstico em meio à postura cautelosa dos investidores na véspera da provável votação da PEC dos Precatórios na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e diante de agenda carregada aqui e no exterior. Também pesaram na formação da taxa de câmbio aspectos técnicos, já que nesta terça-feira ocorrerá a definição da última Ptax de novembro, com a tradicional disputa entre comprados e vendidos.

No fim da sessão, o dólar foi cotado a R$ 5,6097, em alta de 0,25%. Apesar de dois pregões consecutivos de valorização, a moeda americana ainda recua 0,64% em novembro e pode interromper uma sequência de dois meses de forte alta (3,67% em outubro e 5,30% em setembro).

Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO