Porto Alegre, segunda-feira, 25 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
segunda-feira, 25 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Gente

- Publicada em 25/10/2021 às 09h28min.

Egídio Pedro Backes deixa importante legado para o varejo gaúcho

Dirigente foi fundador e desenvolvedor do SPC no Rio Grande do Sul

Dirigente foi fundador e desenvolvedor do SPC no Rio Grande do Sul


CDL POA/DIVULGAÇÃO/JC
Um dos pioneiros do varejo gaúcho, como fundador e desenvolvedor do SPC no Rio Grande do Sul, Egídio Pedro Backes faleceu nesta sexta-feira (22), aos 97 anos, de causas naturais. "Seu trabalho e suas lições são o alicerce e o exemplo para toda a operação varejista gaúcha", destaca o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL POA), Irio Piva. “É uma perda inestimável, um grande ser humano, uma inspiração para todos nós”, diz. 
Um dos pioneiros do varejo gaúcho, como fundador e desenvolvedor do SPC no Rio Grande do Sul, Egídio Pedro Backes faleceu nesta sexta-feira (22), aos 97 anos, de causas naturais. "Seu trabalho e suas lições são o alicerce e o exemplo para toda a operação varejista gaúcha", destaca o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL POA), Irio Piva. “É uma perda inestimável, um grande ser humano, uma inspiração para todos nós”, diz. 
Egídio, como era conhecido entre os empresários, trabalhou até seus últimos dias em sua sala na nova sede da CDL POAo que era motivo de orgulho, uma vez que atuou em todas as sedes da entidade. Deixa um legado importante para o segmento varejista, no qual era muito admirado, querido e respeitado. Por muitos anos, atuou na integração dos bureau de crédito para formação de uma rede nacional, sendo considerado um dos maiores conhecedores das normas que envolvem toda a operação.
De 1973 a 1974 foi presidente da CDL POA e entre 1977 a 1981 presidiu o então SPC. Era membro nato do conselho deliberativo e procurador da entidade. Com uma jovialidade de menino, Egídio era exímio tocador de gaita de boca e tocou parabéns a você no último aniversário de 61 anos da CDL POA, em agosto passado, surpreendendo os colaboradores. Deixa a esposa, Hilda Maria Backes, três filhos, duas netas e cinco bisnetos.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO