Porto Alegre, segunda-feira, 13 de setembro de 2021.
Porto Alegre,
segunda-feira, 13 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Meio ambiente

- Publicada em 18h49min, 13/09/2021.

Cobrança de ingressos para parques nacionais da Serra começa no dia 1 de outubro

Concessionária prevê investimentos de R$ 260 milhões ao longo de 30 anos

Concessionária prevê investimentos de R$ 260 milhões ao longo de 30 anos


governo SC/divulgação/jc
A Urbia Cânions Verdes, empresa responsável pela gestão dos Parques Nacionais da Serra Geral e dos Aparados da Serra, informou que o início da operação dos serviços de apoio à visitação, ao turismo ecológico, à interpretação ambiental e à recreação em contato com a natureza nas áreas acessíveis começará no dia 1 de outubro. A partir desta data será iniciada a comercialização dos ingressos nas áreas de visitação localizadas nas cidades de Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC).
A Urbia Cânions Verdes, empresa responsável pela gestão dos Parques Nacionais da Serra Geral e dos Aparados da Serra, informou que o início da operação dos serviços de apoio à visitação, ao turismo ecológico, à interpretação ambiental e à recreação em contato com a natureza nas áreas acessíveis começará no dia 1 de outubro. A partir desta data será iniciada a comercialização dos ingressos nas áreas de visitação localizadas nas cidades de Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC).
A Urbia é uma subsidiária da Construcap, empresa paulista que venceu a concessão dos parques. Com investimento previsto de R$ 260 milhões ao longo de 30 anos de concessão, o novo braço da empresa pretende apostar no fomento à cultura local da Serra Gaúcha e na visão sustentável para atrair visitantes aos parques.
A concessão (que é de três pontos de visitação, e não de todo o parque) foi celebrada em 12 de agosto. Um dos pontos está localizado em Santa Catarina, no Parque da Serra Geral, onde fica a Trilha do Boi, com acesso por Praia Grande. Os outros dois, os cânions Itaimbezinho e Fortaleza, ficam no lado gaúcho da divisa, no Parque dos Aparados da Serra.
A concessão transfere à iniciativa privada a responsabilidade pelos investimentos na infraestrutura, acessibilidade, segurança, treinamento e desenvolvimento dos colaboradores e no planejamento de novas experiências turísticas e educativas. A qualidade da prestação do serviço por parte do concessionário será medida a partir de indicadores de desempenho, que englobam avaliação da satisfação dos visitantes, a manutenção e conservação das estruturas da concessão. As áreas concedidas continuam pertencendo à União, e são fiscalizadas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
Para os 30 anos da concessão, estão previstas a abertura de novas trilhas, pontos de contemplação e mirantes, qualificação da acessibilidade universal, estacionamentos, oferta de transporte interno nos parques, além de toda a infraestrutura que proporcione o desenvolvimento turístico local como novas atividades de aventura, pontos de informação e atendimento ao visitante, espaços de experiência gastronômica e educativas, sinalização, segurança, atrativos e meios de hospedagem.

Valores

Preços válidos até 30 de novembro de 2021
Um dia com acesso a todos os núcleos: R$ 35,00
Dois dias com acesso a todos os núcleos: R$ 55,00
Preços a partir de 1º de dezembro de 2021
Um dia com acesso a todos os núcleos: R$ 50,00
Dois dias com acesso a todos os núcleos: R$ 80,00
Estacionamento
Motocicleta: R$ 5,00
Carros: R$ 10,00
Vans e motorhomes (proibido pernoite): R$ 20,00
Ônibus: R$ 50,00
Estacionamentos operam das 8h às 16h
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário