Porto Alegre, quarta-feira, 25 de agosto de 2021.
Dia do Soldado.
Porto Alegre,
quarta-feira, 25 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Financeiro

- Publicada em 08h04min, 25/08/2021.

Bolsas da Ásia fecham mistas, após recordes em NY e à espera de simpósio do Fed

O índice acionário japonês Nikkei teve baixa marginal de 0,03% nesta quarta em Tóquio

O índice acionário japonês Nikkei teve baixa marginal de 0,03% nesta quarta em Tóquio


Philip FONG/AFP/JC
As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira (25) após um dia de recordes em Wall Street, com investidores à espera de um evento do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) para buscar mais indícios sobre o futuro dos estímulos monetários nos EUA.
As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira (25) após um dia de recordes em Wall Street, com investidores à espera de um evento do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) para buscar mais indícios sobre o futuro dos estímulos monetários nos EUA.
O índice acionário japonês Nikkei teve baixa marginal de 0,03% nesta quarta em Tóquio, a 27.724,80 pontos, e o Hang Seng caiu 0,13% em Hong Kong, a 25.693,95 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,27% em Seul, a 3.146,81 pontos, e o Taiex registrou ganho de 1,35% em Taiwan, a 17.045,86 pontos.
Na China, o dia foi de ganhos moderados, sustentados pelos setores de mineração de carvão e de energia renovável. O Xangai Composto subiu 0,74%, a 3.540,38 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composite se valorizou 0,46%, a 2.475,08 pontos.
Ontem, as bolsas de Nova York tiveram altas modestas, mas tanto o S&P 500 quanto o Nasdaq renovaram máximas históricas de fechamento, em meio a esperanças de que a vacinação contra a Covid-19 nos EUA avance após a FDA conceder autorização integral ao imunizante da Pfizer e da BioNTech.
Investidores globais estão na expectativa para o simpósio anual de Jackson Hole do Fed, após o BC americano sugerir na semana passada que poderá começar a diminuir suas compras de ativos antes do fim do ano. Na sexta-feira (27), o presidente do Fed, Jerome Powell, fará discurso. Segundo relatório do Mizuho Bank, porém, o evento do Fed não deverá trazer sinais agressivos de redução de estímulos monetários.
Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul pelo terceiro dia seguido, com alta de 0,39% do S&P/ASX 200 em Sydney, a 7.531,90 pontos, apesar de preocupações com o aumento de casos de Covid-19 no país. 
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário