Porto Alegre, quinta-feira, 22 de julho de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 22 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 11h06min, 22/07/2021. Atualizada em 13h58min, 22/07/2021.

Gramado vai testar turistas para conter disseminação de variantes do coronavírus

Técnicos das secretarias vão definir como será a testagem de turistas na entrada da cidade

Técnicos das secretarias vão definir como será a testagem de turistas na entrada da cidade


PREFEITURA DE GRAMADO/DIVULGAÇÃO/CIDADES
Seguindo o que foi montado no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, Gramado, um dos maiores polos de turismo doPaís, também terá testagem do novo coronavírus na chegada de visitantes na cidade, na Serra Gaúcha. 
Seguindo o que foi montado no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, Gramado, um dos maiores polos de turismo doPaís, também terá testagem do novo coronavírus na chegada de visitantes na cidade, na Serra Gaúcha. 
O foco é evitar a disseminação de novas variantes do coronavírus. A cidade é a primeira até agora no Rio Grande do Sul a ter registro da variante delta, que preocupa organismos de saúde no mundo devido à rápida proliferação e agrevissidade e também por ainda não ter alcance de todas as vacinas. 
Reunião nessa quarta-feira (21) com a prefeitura de Gramado e Secretaria da Saúdedo Estado começou a definir as medidas. O prefeito Nestor Tissot pediu mais vacinas para dar conta da demanda e com a capacidade disponível para as aplicações. 
A testagem de turistas deve ser na chegada ao município. Casos que indiquem mais atenção terão  acompanhamento. O início ainda não tem data, diz a pasta estadual, em nota no site. A atenção é voltada ao aumento do fluxo de visitantes até dezembro, período que tem o Natal de Gramado, que atrai milhares de pessoas de todo o Brasil.
A secretaria vai avaliar remanejo de doses para atender regiões com população maior do que as estimativas ou que vacinam muitas pessoas de fora do seu próprio território, como é o caso de Gramado e outras cidades serranas. O estudo será apresentado nos próximos dias em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário