Porto Alegre, terça-feira, 06 de abril de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 06 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

TURISMO

- Publicada em 18h58min, 06/04/2021.

Gestores e empresários da Serra cobram novas flexibilizações para turismo e gastronomia

Prefeito de Gramado entregou solicitações aos secretários do Executivo gaúcho

Prefeito de Gramado entregou solicitações aos secretários do Executivo gaúcho


PREFEITURA DE GRAMADO/DIVULGAÇÃO/JC
Em mais uma tentativa de sensibilizar o governo do Estado para a necessidade de mais flexibilizações voltadas ao setor do turismo, o prefeito de Gramado, Nestor Tissot, acompanhado de empresários e representantes de entidades locais, entregou aos secretários de Articulação e Apoios aos Municípios, Agostinho Meirelles, e do Turismo, Ronaldo Santini, pedido para liberação de pelo menos 25% das atividades econômicas suspensas no momento, bem como a abertura do comércio não essencial aos finais de semana.Segundo os secretários, as solicitações serão analisados pelo Gabinete de Crise do governo.
Em mais uma tentativa de sensibilizar o governo do Estado para a necessidade de mais flexibilizações voltadas ao setor do turismo, o prefeito de Gramado, Nestor Tissot, acompanhado de empresários e representantes de entidades locais, entregou aos secretários de Articulação e Apoios aos Municípios, Agostinho Meirelles, e do Turismo, Ronaldo Santini, pedido para liberação de pelo menos 25% das atividades econômicas suspensas no momento, bem como a abertura do comércio não essencial aos finais de semana.Segundo os secretários, as solicitações serão analisados pelo Gabinete de Crise do governo.
No encontro, a comitiva gramadense apresentou estudos realizados pelas entidades da região. Entre os dados elencados está uma pesquisa encomendada pelo Sindicato da Hotelaria, Restaurantes, Bares, Parques, Museus e Similares da Região das Hortênsias (SindTur), que revela que 59,8% das empresas fecharão definitivamente as portas nos próximos 60 dias, caso nenhuma medida seja tomada pelo Executivo gaúcho.
“Apelamos para que sejam liberados ao menos 25% das atividades econômicas ainda fechadas pelos protocolos sanitários do governo do Estado, bem como a abertura dos comércios não essenciais aos finais de semana. Os estudos comprovam que não há ligação entre o turismo e as novas ondas da pandemia”, disse o prefeito.
Em contrapartida, os empresários se comprometeram a adotar todos os protocolos do Distanciamento Controlado do Estado, o selo do Ministério do Turismo por no mínimo 70% dos estabelecimento gramadenses, além de mapear os pontos com maior potencial de aglomeração e implantar orientadores identificados para o monitoramento. No compromisso, ainda estão o controle do distanciamento nas filas das atrações e estabelecimentos comerciais, dentro e fora dos mesmos.
Tissot destacou ainda a preocupação dos empresários, que pretendem intensificar a fiscalização das medidas. “No desespero para continuar sobrevivendo, nossas empresas estão ofertando funcionários para ajudar na fiscalização. Após passar por treinamento, os colaboradores atuarão como orientadores no cumprimento das regras e protocolos de Distanciamento Controlado. Temos a certeza que nossos empresários estão comprometidos com a saúde e também com a recuperação de nossa economia”, destacou.
A expectativa do grupo é que o Gabinete de Crise do RS anuncie novos protocolos flexibilizando as atividades econômicas e horários de funcionamento. “Estamos na torcida pela sensatez do nosso governador. Importante frisar que queremos garantir que as vidas sejam preservadas, porém precisamos voltar os nossos olhares para as nossas empresas e consequentemente aos empregos e rendas por elas geradas. Se cada um fizer sua parte vamos superar esse momento”, concluiu o prefeito.
Na mesma linha, comitiva de Canela esteve com o secretário Santini para apresentar o plano estratégico para retomada do turismo em Canela e na Região das Hortênsias. O secretário municipal de Turismo, Ângelo Sanches, a diretora de Eventos da pasta, Camila Pavanatti, e Mário Nascimento, coordenador técnico da área de Turismo da Famurs, participaram do ncontro, nesta terça-feira (6).
Conforme Sanches, tanto o poder público como a iniciativa privada, por meio dos parques, museus e restaurantes, realizaram grandes investimentos para atender aos protocolos de prevenção e segurança dos visitantes e colaboradores dos empreendimentos. “Apresentamos todas as medidas adotadas em nosso município, que inclusive resultaram em uma certificação internacional de turismo seguro em tempos de pandemia. Nada mais justo do que termos nossos pedidos de flexibilização atendidos pelo Governo do Estado”, enfatizou o secretário.
Comentários CORRIGIR TEXTO