Porto Alegre, quinta-feira, 25 de março de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de março de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

- Publicada em 11h15min, 25/03/2021.

Ibovespa tenta recuperação, mas esbarra em instabilidade no exterior

Às 10h40min, o Ibovespa marcava 112.078,27 pontos, estável

Às 10h40min, o Ibovespa marcava 112.078,27 pontos, estável


MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/JC
O cenário internacional adverso e o clima de desconforto com questões domésticas, principalmente no lado fiscal, favorecem um pregão de volatilidade no mercado de ações. O Índice Bovespa abriu em queda, chegou a registrar perda superior a 1%, mas recentemente passou a ensaiar uma recuperação. Com o petróleo registrando perdas acima de 2% e as quedas das bolsas da Europa e dos Estados Unidos, a tendência, segundo operadores, é que o Ibovespa tenha uma sessão de volatilidade.
O cenário internacional adverso e o clima de desconforto com questões domésticas, principalmente no lado fiscal, favorecem um pregão de volatilidade no mercado de ações. O Índice Bovespa abriu em queda, chegou a registrar perda superior a 1%, mas recentemente passou a ensaiar uma recuperação. Com o petróleo registrando perdas acima de 2% e as quedas das bolsas da Europa e dos Estados Unidos, a tendência, segundo operadores, é que o Ibovespa tenha uma sessão de volatilidade.
Às 10h40min, o Ibovespa marcava 112.078,27 pontos, estável (+0,01%).
Ao contrário de diversas análises antes da abertura dos negócios, as ações da Eletrobras operam em alta no início da sessão desta quinta-feira. O movimento vem após a estatal surpreender o mercado e indicar Rodrigo Limp Nascimento para assumir o cargo de presidente.
A avaliação do mercado é que apesar de o nome não estar entre os indicados da consultoria Korn & Ferry, tem perfil técnico, com currículo robusto e pró-privatização. O fato dividiu analistas. Alguns apontaram risco de ingerência política, enquanto outros exaltaram qualidade técnica no escolhido.
Em manhã de agenda pesada na divulgação de indicadores econômicos no Brasil, destaque para a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, em comissão da Covid-19 no Congresso Nacional. O ministro voltou a fazer um prognóstico otimista da economia, destacando fatores como a arrecadação acima do esperado, e defendeu o combate à Covid-19 como fator determinante para a recuperação da economia. "Economia e saúde são gêmeas. Andam juntas", afirmou.
Guedes também disse que, se o Orçamento de 2021 for aprovado, "podemos antecipar imediatamente benefícios para aposentados e pensionistas".
Em Nova York, o índice Dow Jones recuava 0,60%. Lá fora, seguem as preocupações com o avanço da Covid-19 na Europa, com extensão de medidas de isolamento social. Todas as bolsas europeias operam no vermelho e o dólar avança ante moedas fortes e a maioria das emergentes.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO