Porto Alegre, sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021.
Dia do Comediante.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

- Publicada em 09h48min, 26/02/2021.

Dólar à vista fica volátil com disputa da Ptax em meio alta externa

Investidores brasileiros estão à espera da decisão da bandeira tarifária pela Aneel

Investidores brasileiros estão à espera da decisão da bandeira tarifária pela Aneel


MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL/JC
O dólar à vista está volátil em dia de disputa técnica pela formação da taxa referencial Ptax de fim de fevereiro. A valorização da moeda americana no exterior também pesa, beneficia investidores comprados em contratos cambiais e apoiava um viés de alta na manhã desta sexta-feira (26).
O dólar à vista está volátil em dia de disputa técnica pela formação da taxa referencial Ptax de fim de fevereiro. A valorização da moeda americana no exterior também pesa, beneficia investidores comprados em contratos cambiais e apoiava um viés de alta na manhã desta sexta-feira (26).
Às 9h26min desta sexta, o dólar à vista subia 0,30%, a R$ 5,5318, após mínima a R$ 5,5118 (-0,04%) e máxima a R$ 5,5473 (+0,60%). O dólar para abril, contrato mais negociado a partir de hoje, caía 0,11%, a R$ 5,5325.
No exterior, os juros dos Treasuries estão em baixa em Nova York, mas operam perto dos níveis mais altos em um ano. na apoia o dólar, que acentuou ganhos. E os futuros das bolsas de Nova York exibiam sinais mistos em meio a um movimento de venda de ações do setor de tecnologia e de títulos públicos.
No Brasil, os investidores estão à espera da decisão da bandeira tarifária pela Aneel e de informações da reunião do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, com ministros de Finanças e presidentes de Bancos Centrais do G20, prevista para ter começado às 8h30.
Em segundo plano fica o resultado da Pnad Contínua do IBGE com taxa de desocupação no Brasil em 13,9% no trimestre encerrado em dezembro. Mais cedo, o Índice de Confiança da Indústria (ICI) mostrou queda de 3,4 pontos em fevereiro ante janeiro, chegando a um total de 107,9 pontos, a segunda queda consecutiva depois de uma sequência de oito altas. E o Índice de Confiança de Serviços (ICS) recuou 2,3 pontos na passagem de janeiro para fevereiro, na série com ajuste sazonal, descendo a 83,2 pontos, a segunda queda consecutiva
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO