Porto Alegre, quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021.
Aniversário da Casa da Moeda do Brasil.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Financeiro

- Publicada em 15h06min, 11/02/2021.

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, com foco em balanços locais

O índice pan-europeu Stoxx 600 terminou em alta de 0,46%, em 411,35 pontos

O índice pan-europeu Stoxx 600 terminou em alta de 0,46%, em 411,35 pontos


ABR/DIVULGAÇÃO/JC
Os mercados europeus não tiveram sinal único, nesta quinta-feira (11). Investidores reagiram aos resultados corporativos, com foco também na Covid-19 e seus impactos na atividade.
Os mercados europeus não tiveram sinal único, nesta quinta-feira (11). Investidores reagiram aos resultados corporativos, com foco também na Covid-19 e seus impactos na atividade.
O índice pan-europeu Stoxx 600 terminou em alta de 0,46%, em 411,35 pontos.
A pandemia segue como risco importante e monitorado por investidores. Na avaliação do HSBC, as restrições à atividade pesam na perspectiva para a zona do euro, apesar de um recuo nos casos da Covid-19. O banco cortou projeção de crescimento da região neste ano, de 4,3% para 3,6%.
A Alemanha estendeu restrições até 7 de março, em meio a temores ante a circulação de novas cepas do vírus, mais contagiosas, porém a chanceler Angela Merkel disse que a medida "não será mantida um dia a mais do que o necessário".
Entre as ações, houve reação a resultados corporativos importantes. Commerzbank recuou 5,96%, após registrar prejuízo bilionário no quarto trimestre de 2020 e dizer que pretende retomar o pagamento de dividendos apenas em 2023. Ainda assim, na Bolsa de Frankfurt o índice DAX avançou 0,77%, a 14.040,91 pontos.
Em Londres, o índice FTSE 100 fechou em alta de 0,07%, em 6.528,72 pontos. AstraZeneca recuou 0,01%. A farmacêutica anglo-sueca chegou a subir boa parte do pregão, após ter quintuplicado seu lucro antes de impostos entre outubro e dezembro, mas com ganho ajustado por ação abaixo do esperado pelo mercado.
Na Bolsa de Paris, o índice CAC 40 recuou 0,02%, a 5.669,82 pontos. Crédit Agricole se destacou, em alta de 4,94% após balanço com lucro maior do que o esperado no quarto trimestre.
Em Milão, o índice FTSE MIB avançou 0,18%, a 23.307,24 pontos. Havia expectativa na Itália para saber se Mario Draghi, ex-presidente do Banco Central Europeu (BCE), terá sucesso em sua tentativa de formar governo. Para a Capital Economics, a crescente chance de que isso se confirme reduzia turbulências políticas no país. Após o fechamento europeu, o Movimento 5 Estrelas deveria decidir se apoia ou não Draghi.
Na Bolsa de Madri, o índice IBEX 35 caiu 0,34%, para 8.037,60 pontos. Em Lisboa, o índice PSI 20 teve queda de 0,13%, a 4.815,70 pontos.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO