Porto Alegre, domingo, 07 de fevereiro de 2021.
Dia do Gráfico.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 07 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Combustíveis

- Publicada em 16h20min, 07/02/2021. Atualizada em 16h28min, 07/02/2021.

BR Distribuidora volta a comercializar gasolina de aviação

A venda da gasolina de aviação pela BR foi suspensa no dia 3 de fevereiro

A venda da gasolina de aviação pela BR foi suspensa no dia 3 de fevereiro


MARCO QUINTANA/JC
A BR Distribuidora informa que retomou na manhã deste domingo (7), a comercialização de gasolina de aviação a seus clientes e revendedores, após receber os laudos do fornecedor atestando que os novos lotes do produto se encontram dentro das especificações determinadas pelos órgãos reguladores.
A BR Distribuidora informa que retomou na manhã deste domingo (7), a comercialização de gasolina de aviação a seus clientes e revendedores, após receber os laudos do fornecedor atestando que os novos lotes do produto se encontram dentro das especificações determinadas pelos órgãos reguladores.
A venda da gasolina de aviação pela BR foi suspensa no dia 3 de fevereiro, após ter sido detectada a existência de um parâmetro do combustível fora dos limites de especificação, o que valeu à empresa e a outras distribuidoras uma notificação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para prestação de informações no prazo de 48 horas sobre o produto. Também foram notificadas Raízen, Gran Petro, Air BP Brasil, Rede Sol, Petróleo Sabba, Air BP Petrobahia e Petrobahia.
A BR informou que após ser notificada realizou todos os testes recomendados aos distribuidores. "De modo a regularizar o abastecimento no menor espaço de tempo possível, a base da companhia em Cubatão (Bacub), atualmente o único polo de suprimento de AVGAS (gasolina de aviação) no País, está operando em regime estendido", informou a BR em nota neste domingo.
A empresa ainda afirma que segue aguardando os esclarecimentos de seu fornecedor sobre a adulteração encontrada pela ANP e que se coloca à disposição para "colaborar no aprofundamento das investigações".
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO