Porto Alegre, segunda-feira, 21 de dezembro de 2020.
Dia do Atleta. Início do Verão.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 21 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

- Publicada em 08h21min, 21/12/2020.

Bolsas asiáticas fecham mistas, de olho em nova variante da Covid

Apetite por risco na Ásia foi limitado pelo surgimento de uma agressiva variante do coronavírus

Apetite por risco na Ásia foi limitado pelo surgimento de uma agressiva variante do coronavírus


Camila Surian/Arte/JC
As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção única nesta segunda-feira (21) à medida que investidores acompanham os últimos desdobramentos da Covid-19, em especial no Reino Unido, onde surgiu uma agressiva variante do vírus, e reagem ao fechamento de um acordo nos EUA para mais uma rodada bilionária de incentivos fiscais.
As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção única nesta segunda-feira (21) à medida que investidores acompanham os últimos desdobramentos da Covid-19, em especial no Reino Unido, onde surgiu uma agressiva variante do vírus, e reagem ao fechamento de um acordo nos EUA para mais uma rodada bilionária de incentivos fiscais.
O índice acionário japonês Nikkei caiu 0,18% em Tóquio, a 26.714,42 pontos, pressionado pelo fraco desempenho de ações de montadoras e do setor imobiliário, e o Hang Seng recuou 0,72% em Hong Kong, a 26.306,68 pontos, mas o sul-coreano Kospi subiu 0,23% em Seul, a 2.778,65 pontos, e o Taiex registrou alta de 0,95% em Taiwan, a 14.384,96 pontos.
Na China, o dia foi de ganhos, ainda que o banco central local - o PBoC - tenha deixado seus juros de referência inalterados pelo oitavo mês seguido. O Xangai Composto avançou 0,76%, a 3.420,57 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto se valorizou 1,87%, a 2.304,98 pontos. Na Oceania, a bolsa australiana terminou o pregão em baixa marginal de 0,08%, com o índice S&P/ASX 200 a 6.669,90 pontos.
O apetite por risco na Ásia foi limitado pelo surgimento de uma agressiva variante do coronavírus que se espalha rapidamente no Reino Unido e levou vários países europeus a suspenderem voos de aeroportos britânicos. A situação da Covid-19 em partes da Ásia, como no Japão e na Coreia do Sul, também gera preocupações.
Por outro lado, o Congresso dos EUA fechou ontem um acordo bipartidário para o lançamento de um novo pacote fiscal, no valor de US$ 900 bilhões, em reação aos efeitos da pandemia na economia americana. O acordo deve ser votado hoje pela Câmara dos Representantes, após meses de impasse entre democratas e republicanos. Com o acerto de última hora, a Casa teve de aprovar ontem um projeto de lei provisório de gastos de um dia para evitar uma paralisação do governo em Washington a partir do primeiro minuto desta segunda.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO