Porto Alegre, quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Dia da Bandeira.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Financeiro

- Publicada em 19h28min, 19/11/2020.

Bolsas de NY fecham em alta com retorno de negociações por estímulos nos EUA

O índice Dow Jones encerrou o pregão com ganho de 0,15%, a 29.483,23 pontos

O índice Dow Jones encerrou o pregão com ganho de 0,15%, a 29.483,23 pontos


marcello Casal Jr./ABR/JC
As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quinta-feira (19) em meio a expectativas para a retomada das negociações entre governo e oposição por uma nova rodada de estímulos fiscais nos Estados Unidos. O retorno das discussões se sobrepôs às preocupações pelo avanço descontrolado da Covid-19 pelo país, que vinham deixando os mercados financeiros na defensiva.
As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quinta-feira (19) em meio a expectativas para a retomada das negociações entre governo e oposição por uma nova rodada de estímulos fiscais nos Estados Unidos. O retorno das discussões se sobrepôs às preocupações pelo avanço descontrolado da Covid-19 pelo país, que vinham deixando os mercados financeiros na defensiva.
O índice Dow Jones encerrou o pregão com ganho de 0,15%, a 29.483,23 pontos, o S&P 500 subiu 0,39%, 3.581,87 pontos, e o Nasdaq avançou 0,87%, a 11.904,71. As ações do setor de tecnologia lideraram o movimento, com destaque para Alphabet, controladora do Google (+1,03%), Facebook (+0,36%) e Amazon (+0,37%).
A sessão desta quinta-feira começou sem muito ímpeto, em meio aos dados sobre o coronavírus. A Universidade Johns Hopkins contabilizou ontem mais de 170 mil casos de Covid-19 nos EUA em apenas 24 horas, levando o total a 11,5 milhões. Segundo a instituição, mais de 250 mil pessoas morreram no país em decorrência da doença.
O Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) do país emitiu uma orientação para que americanos evitem viajar no dia de Ações de Graças, feriado marcado para a próxima quinta-feira que tem grande valor cultural para os EUA.
Pela manhã, o Departamento do Trabalho americano informou que os pedidos de auxílio-desemprego tiveram aumento de 31 mil na semana encerrada em 14 de novembro, a 724 mil, frustrando expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam 710 mil solicitações. "Os pedidos provavelmente permanecerão elevados em meio a recente onda de Covid-19, com perspectivas para desemprego de longo prazo aumentando", analisa o Wells Fargo.
O indicador ajudou a alimentar certa aversão ao risco na etapa inicial do pregão, mas os negócios tiveram alívio depois que a NBC noticiou declaração do líder democrata no Senado, Chuck Schumer, sobre retomada das negociações por um novo pacote fiscal. "As equipes vão se sentar outra vez hoje e amanhã para ver se conseguem boas notícias sobre um projeto de alívio para a Covid-19", disse.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO