Porto Alegre, quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Dia Nacional da Cultura, Dia do Cinema Brasileiro e Dia do Designer.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

- Publicada em 15h45min, 05/11/2020.

Ouro fecha em alta, com apuração eleitoral dos EUA no radar e dólar fraco

Ouro para dezembro fechou com ganho de 2,67%, em US$ 1.946,80 a onça-troy

Ouro para dezembro fechou com ganho de 2,67%, em US$ 1.946,80 a onça-troy


VISUALHUNT.COM/DIVULGAÇÃO/JC
O contrato futuro de ouro registrou alta nesta quinta-feira (5) com investidores ainda à espera de resultados finais na disputa eleitoral dos Estados Unidos. O metal foi sustentado pela fraqueza do dólar e subiu mesmo em dia de maior apetite por risco nos mercados internacionais em geral.
O contrato futuro de ouro registrou alta nesta quinta-feira (5) com investidores ainda à espera de resultados finais na disputa eleitoral dos Estados Unidos. O metal foi sustentado pela fraqueza do dólar e subiu mesmo em dia de maior apetite por risco nos mercados internacionais em geral.
O ouro para dezembro fechou com ganho de 2,67%, em US$ 1.946,80 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
O movimento do câmbio de hoje torna o ouro mais barato para os detentores de outras moedas, o que tende a aumentar a demanda pelo metal. A Sucden Financial argumenta também, em relatório, que as compras eram apoiadas pelo quadro ainda indefinido na disputa eleitoral pela Casa Branca.
Já o Commerzbank dá menos peso à disputa eleitoral, por considerar o democrata Joe Biden cada vez mais favorito, e diz que o ouro sobe com o câmbio e também diante do recuo nos retornos dos Treasuries - os bônus concorrem com o metal precioso como opção segura de investimento. O Commerzbank cita ainda, em sua análise, que o Senado pode seguir sob controle republicano nos EUA, o que reduz as chances de um grande pacote fiscal. Com isso, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) deve manter uma política monetária bastante relaxada, projeta o banco alemão, o que tende a conter os juros dos Treasuries, com isso apoiando o ouro.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO