Porto Alegre, quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Dia Nacional da Cultura, Dia do Cinema Brasileiro e Dia do Designer.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 05 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

- Publicada em 08h20min, 05/11/2020.

Bolsas da Ásia fecham em alta, seguindo NY, com possível vitória de Biden

Apuração parcial mostra que Biden já obteve 253 votos no colégio eleitoral, contra 213 de Trump

Apuração parcial mostra que Biden já obteve 253 votos no colégio eleitoral, contra 213 de Trump


ANGELA WEISS/AFP/JC
As bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada nesta quinta-feira, seguindo o rali de Nova Iorque, diante de sinais de que o democrata Joe Biden poderá se tornar o próximo presidente dos EUA, reduzindo as incertezas das eleições americanas e favorecendo o apetite por risco. O Hang Seng liderou os ganhos na Ásia hoje, com salto de 3,25% em Hong Kong, a 25.695,92 pontos, em meio a expectativas de que as tensões entre EUA e China diminuam num eventual governo Biden.
As bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada nesta quinta-feira, seguindo o rali de Nova Iorque, diante de sinais de que o democrata Joe Biden poderá se tornar o próximo presidente dos EUA, reduzindo as incertezas das eleições americanas e favorecendo o apetite por risco. O Hang Seng liderou os ganhos na Ásia hoje, com salto de 3,25% em Hong Kong, a 25.695,92 pontos, em meio a expectativas de que as tensões entre EUA e China diminuam num eventual governo Biden.
Entre os mercados chineses, o Xangai Composto subiu 1,30%, a 3.320,13 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,67%, a 2.299,87 pontos. Em outras partes da região asiática, o japonês Nikkei se valorizou 1,73% em Tóquio, a 24.105,28 pontos, o sul-coreano Kospi teve expressivo ganho de 2,40% em Seul, a 2.413,79 pontos, e o Taiex registrou alta de 0,40% em Taiwan, a 12.918,80 pontos.
A apuração parcial da eleição nos EUA mostra que Biden já obteve 253 votos no colégio eleitoral, contra 213 do presidente Donald Trump. Para conquistar a Casa Branca, são necessários 270 votos. O resultado da disputa, no entanto, depende ainda do fim do cômputo de votos em Estados que costumam oscilar entre democratas e republicanos. Além disso, o Partido Republicano poderá manter o controle no Senado, tornando mais improvável um grande pacote fiscal em reação à Covid-19.
A possível vitória de Biden já havia favorecido as bolsas de Nova Iorque, que encerraram os negócios de ontem com ganhos em torno de 1,3% a 3,9%. Na Oceania, a bolsa australiana acompanhou o tom positivo da Ásia, e o S&P/ASX 200 avançou 1,28% em Sydney, a 6.139,60 pontos.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO