Porto Alegre, segunda-feira, 26 de outubro de 2020.
Dia do Trabalhador da Construção Civil. Dia da Democracia.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 26 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

combustíveis

- Publicada em 14h03min, 26/10/2020.

Etanol continua competitivo com gasolina apenas em 5 estados brasileiros, diz ANP

Paridade é de 68,28% entre os preços médios de etanol e gasolina nos postos brasileiros

Paridade é de 68,28% entre os preços médios de etanol e gasolina nos postos brasileiros


CLAITON DORNELLES /JC
Os preços médios do etanol na semana encerrada no sábado (24) mostraram-se vantajosos em comparação com os da gasolina em cinco estados brasileiros - São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás e Tocantins - todos grandes produtores do biocombustível.
Os preços médios do etanol na semana encerrada no sábado (24) mostraram-se vantajosos em comparação com os da gasolina em cinco estados brasileiros - São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás e Tocantins - todos grandes produtores do biocombustível.
O levantamento é da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilado pelo AE-Taxas, e considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.
Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 64,38% do preço da gasolina, em Goiás a 66,64%, em Minas Gerais a 64,21, em São Paulo, a paridade ficou em 67,60%, enquanto em Tocantins atingiu 68,42%.
Na média dos postos pesquisados no País, a paridade é de 68,28% entre os preços médios de etanol e gasolina, também favorável ao biocombustível.
 
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO