Porto Alegre, quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Dia do Professor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Imobiliário

- Publicada em 13h31min, 15/10/2020.

Preço médio do aluguel em Porto Alegre cai 0,33% em setembro

No acumulado dos 12 meses, aumento médio na capital gaúcha é de 4,47%

No acumulado dos 12 meses, aumento médio na capital gaúcha é de 4,47%


GILMAR LUÍS/JC
Os preços dos aluguéis seguiram em queda em setembro no Brasil. O Índice FipeZap de Locação Residencial, que acompanha o comportamento do preço médio do aluguel de apartamentos prontos, encerrou setembro com queda para 0,31% no Brasil. É o quarto mês com resultado negativo consecutivo. Em Porto Alegre, a queda registrada foi de – 0,33%.
Os preços dos aluguéis seguiram em queda em setembro no Brasil. O Índice FipeZap de Locação Residencial, que acompanha o comportamento do preço médio do aluguel de apartamentos prontos, encerrou setembro com queda para 0,31% no Brasil. É o quarto mês com resultado negativo consecutivo. Em Porto Alegre, a queda registrada foi de – 0,33%.
A variação nacional foi inferior à inflação registrada tanto pelo IPCA/IBGE (+0,64%) quanto pelo IGP-M/FGV (+4,78%), resultando em uma queda real do preço médio do aluguel residencial. No último mês, em particular, o comportamento negativo foi observado na maior parte das capitais brasileiras monitoradas pelo Índice FipeZap, destacando-se: Fortaleza (-1,17%), Salvador (-1,11%), Florianópolis (-0,97%), Curitiba (-0,59%) e São Paulo (-0,55%). Por outro lado, duas capitais apresentaram elevação no preço médio: Brasília (+0,61%) e Recife (+0,30%).
No ano, o acumulado é de aumento de 2,13%, variação que, quando comparada à inflação medida pelo IPCA no período (+1,34%), resulta em uma alta real de 0,78%.
Já em relação ao acumulado dos últimos 12 meses, o acréscimo no valor médio dos aluguéis residenciais no País é de 3,2%, percentual ligeiramente superior à inflação ao consumidor medida pelo IPCA (+3,14%).
À exceção de Fortaleza, onde o índice registra queda 0,99%, e de Salvador, com recuo de 0,34%, as demais capitais monitoradas ainda registram elevação nominal de preço em 12 meses. Em Porto Alegre, o aumento no período é de 4,47%.
O preço médio de locação residencial: com base em dados de todas as 25 cidades monitoradas pelo Índice FipeZa, encerrou o mês de setembro em R$ 30,40/m². Entre as 11 capitais monitoradas, São Paulo se manteve como a capital com o preço médio de locação mais elevado (R$ 40,34/m²).

Jardim Europa e Três Figueiras são os bairros com aluguel mais caro na capital gaúcha

A análise Fiep/Zap também aponta quais são os bairros ontem o valor do aluguel é mais caro nas capitais. O preço considerado é o do metro quadrado (m²). O bairro Jardim Europa, com valor de R$ 51,37 por m². Na sequência, vem o bairro Três Figueiras, com preço de R$ 46,77/m² e o Praia de Belas (R$ 44,90/m²).
Já em relação aos menores valores, o bairro Restinga é o que tem o menor preço - R$ 13,42 por metro quadrado. Na sequência, vem os bairros parque Santa Fé (R$ 14,13/m²) e Jardim Leopoldina (R$ 14,41/m²).
Confira abaixo a lista com os cinco bairros com aluguéis residenciais mais caros e mais baratos em Porto Alegre:
Alugueis mais caros
  • Jardim Europa - R$ 51,37/m²
  • Três Figueiras - R$ 46,77/m²
  • Praia de Belas - R$ 44,90/m²
  • Chácara das Pedras - R$ 36,74/m²
  • Vila Jardim - R$ 35,09/m²
 
Aluguéis mais baratos
  • Restinga - R$ 13,42/m²
  • Parque Santa Fé - R$ 14,13/m²
  • Jardim Leopoldina - R$ 14,41/m²
  • Rubem Berta - R$ 14,62/m²
  • Santa Rosa de Lima - R$ 15,51/m²

 

Comentários CORRIGIR TEXTO