Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado de Capitais

- Publicada em 03h00min, 06/08/2020.

Fundos de investimentos captam R$ 64 bilhões em julho no País

Fluxo negativo do ano foi zerado até 31 de julho, informou a Anbima

Fluxo negativo do ano foi zerado até 31 de julho, informou a Anbima


JOEL SANTANA/PIXABAY/DIVULGAÇÃO/JC

Os fundos de investimentos zeraram o fluxo negativo do ano e registraram captação líquida de R$ 64 bilhões em julho, conforme dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) divulgados nesta quarta-feira (5).

Os fundos de investimentos zeraram o fluxo negativo do ano e registraram captação líquida de R$ 64 bilhões em julho, conforme dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) divulgados nesta quarta-feira (5).

Os fundos de renda fixa tiveram novos aportes pelo segundo mês consecutivo e registraram captação líquida de R$ 35,43 bilhões em julho. Na sequência, os multimercados receberam R$ 23,4 bilhões, enquanto os fundos de ações, que não deixaram de arrecadar ao longo de todo ano, tiveram o ingresso de R$ 5,15 bilhões.

No acumulado do ano até 31 de julho, a renda fixa registra saída de R$ 57 bilhões, compensada pelo fluxo positivo de R$ 59 bilhões em multimercados e de R$ 55,7 bilhões em fundos de ações.

Comentários CORRIGIR TEXTO