Porto Alegre, sexta-feira, 31 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 31 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

Dólar segue forte em manhã de briga da Ptax, com alta de 0,36%

Interesse técnicos ajudam também a impulsionar a moeda americana frente o real

Interesse técnicos ajudam também a impulsionar a moeda americana frente o real


MARCELLO CASAL JR/ABR /JC
O dólar opera em alta no mercado doméstico nesta sexta-feira (31) em meio à valorização no exterior frente algumas divisas emergentes pares do real, como o peso mexicano, e uma melhora leve do humor nas bolsas, após os dados positivos de atividade divulgados na China e Europa, além dos balanços das gigantes de tecnologia americanas. Às 9h35min, o dólar à vista subia 0,36%, a R$ 5,1755.
O dólar opera em alta no mercado doméstico nesta sexta-feira (31) em meio à valorização no exterior frente algumas divisas emergentes pares do real, como o peso mexicano, e uma melhora leve do humor nas bolsas, após os dados positivos de atividade divulgados na China e Europa, além dos balanços das gigantes de tecnologia americanas. Às 9h35min, o dólar à vista subia 0,36%, a R$ 5,1755.
Interesse técnicos ajudam também a impulsionar a moeda americana frente o real. Os investidores defendem posições na rolagem de contratos cambiais futuros, em manhã de disputa em torno do referencial Ptax de fim de julho, que será divulgado depois das 13 horas, segundo operadores. A Ptax desta sexta-feira servirá, na segunda, para a liquidação do contrato futuro de dólar com vencimento em agosto e também para os ajustes dos contratos cambiais futuros e de resultados corporativos.
A cinco dias da decisão do Copom, as apostas para a Selic estão praticamente consolidadas em novo corte residual de 0,25 ponto, para 2%, na próxima quarta-feira (5).
Comentários CORRIGIR TEXTO