Porto Alegre, sexta-feira, 31 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 31 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

balanços

Fiat Chrysler tem prejuízo no 2º trimestre, mas observa melhora em junho

A Fiat Chrysler divulgou nesta sexta-feira, 31, que teve prejuízo líquido de 1,05 bilhão de euros no segundo trimestre de 2020, diante do impacto da pandemia do novo coronavírus, revertendo lucro de 793 milhões de euros apurado em igual período do ano passado. A receita da montadora ítalo-americana sofreu queda anual de 56% no último trimestre, a 11,71 bilhões de euros. Entre abril e junho, a Fiat Chrysler acumulou Ebit ajustado negativo de 928 milhões de euros, que contrasta com o resultado positivo de 1,53 bilhão de euros de um ano antes.
A Fiat Chrysler divulgou nesta sexta-feira, 31, que teve prejuízo líquido de 1,05 bilhão de euros no segundo trimestre de 2020, diante do impacto da pandemia do novo coronavírus, revertendo lucro de 793 milhões de euros apurado em igual período do ano passado. A receita da montadora ítalo-americana sofreu queda anual de 56% no último trimestre, a 11,71 bilhões de euros. Entre abril e junho, a Fiat Chrysler acumulou Ebit ajustado negativo de 928 milhões de euros, que contrasta com o resultado positivo de 1,53 bilhão de euros de um ano antes.
Apesar do fraco desempenho trimestral, a empresa comentou que os resultados e o fluxo de caixa operacional melhoraram significativamente ao longo de junho. Às 8h49min (de Brasília), a ação da Fiat Chrysler subia 0,7% na Bolsa de Milão. Sem fornecer projeções para o resto do ano, a Fiat Chrysler disse que espera concluir sua fusão com a Peugeot no fim do primeiro trimestre de 2021.
Comentários CORRIGIR TEXTO