Porto Alegre, quinta-feira, 30 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 30 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

indústria automotiva

- Publicada em 10h17min, 30/07/2020. Atualizada em 14h10min, 30/07/2020.

Renault tem prejuízo de 7,29 bilhões de euros no 1º semestre

Analistas previam prejuízo menor entre janeiro e junho, de 4,49 bilhões de euros

Analistas previam prejuízo menor entre janeiro e junho, de 4,49 bilhões de euros


LOIC VENANCE/AFP /JC
A Renault divulgou nesta quinta-feira (30) que acumulou prejuízo líquido de 7,29 bilhões de euros no primeiro semestre de 2020, revertendo lucro de 970 milhões de euros de igual período do ano passado, diante do impacto econômico causado pela pandemia de coronavírus.
A Renault divulgou nesta quinta-feira (30) que acumulou prejuízo líquido de 7,29 bilhões de euros no primeiro semestre de 2020, revertendo lucro de 970 milhões de euros de igual período do ano passado, diante do impacto econômico causado pela pandemia de coronavírus.
Analistas previam prejuízo menor entre janeiro e junho, de 4,49 bilhões de euros. A ação da montadora francesa chegou a sofrer um tombo de 7,1% na Bolsa de Paris por volta das 8h30min (de Brasília). Já a receita da Renault teve queda anual de 34% no semestre, a 18,43 bilhões de euros.
A empresa disse que manterá projeções para este ano suspensas, diante das incertezas da Covid-19, mas confirmou a meta de reduzir custos em 600 milhões de euros ao longo de 2020.
Comentários CORRIGIR TEXTO