Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

conjuntura

- Publicada em 08h39min, 22/07/2020. Atualizada em 08h39min, 22/07/2020.

Confiança da indústria sobe 12,5 pontos em julho ante junho, diz prévia da FGV

Divulgação do ICI foi feita pela entidade nesta quarta

Divulgação do ICI foi feita pela entidade nesta quarta


LUIZA PRADO/JC
O Índice de Confiança da Indústria (ICI) apurado na prévia da sondagem de julho teve um avanço de 12,5 pontos em relação ao resultado fechado de junho, para 90,1 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira (22). Caso se confirme, o índice terá recuperado de maio a julho 74% das perdas observadas em março e abril decorrentes da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.
O Índice de Confiança da Indústria (ICI) apurado na prévia da sondagem de julho teve um avanço de 12,5 pontos em relação ao resultado fechado de junho, para 90,1 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira (22). Caso se confirme, o índice terá recuperado de maio a julho 74% das perdas observadas em março e abril decorrentes da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.
O Índice de Expectativas subiu 14,6 pontos, para 90,8 pontos. Já o Índice de Situação Atual avançou 10,2 pontos, para 89,4 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria indicou um aumento de 5,8 pontos porcentuais em relação ao patamar de junho, passando de 66,6% para 72,4% em julho.
A prévia dos resultados da Sondagem da Indústria da FGV abrange a consulta a 783 empresas entre os dias 1 e 20 de julho. O resultado final da pesquisa será divulgado no próximo dia 29.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO