Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

aviação

- Publicada em 08h34min, 22/07/2020. Atualizada em 08h34min, 22/07/2020.

Latam Brasil vai aumentar operações em 50% em agosto e setembro

Operações em Guarulhos e Brasília, principais centros de conexão da companhia, serão reforçadas

Operações em Guarulhos e Brasília, principais centros de conexão da companhia, serão reforçadas


ANTONIO CRUZ/ABR/JC
A Latam Brasil pretende aumentar as operações no mercado nacional em 50% em agosto e em setembro. De acordo com a aérea, serão 244 voos por dia ao final de setembro, número ainda bem abaixo dos 750 voos diários operados em 2019, mas acima dos 110 vistos em julho, o que mostra, segundo a empresa, um aumento de demanda, "ainda que tímido".
A Latam Brasil pretende aumentar as operações no mercado nacional em 50% em agosto e em setembro. De acordo com a aérea, serão 244 voos por dia ao final de setembro, número ainda bem abaixo dos 750 voos diários operados em 2019, mas acima dos 110 vistos em julho, o que mostra, segundo a empresa, um aumento de demanda, "ainda que tímido".
Serão reforçadas as operações em Guarulhos (SP) e Brasília, principais centros de conexão da Latam no País. Segundo a companhia, serão 300 cidades atendidas através do aeroporto de Guarulhos, com a adição de 37 destinos, e 200 a partir de Brasília, com mais 28 destinos.
"Ao mesmo tempo em que continuamos nossa reestruturação financeira e garantimos o compromisso do acesso a mais de R$ 12 bilhões pelo DIP (debtor-in-possession), sem a ajuda dos governos até o momento, a Latam Brasil volta a acelerar e aumenta sua oferta de voos", comentou através de nota o CEO da empresa no Brasil, Jerome Cadier.
No início de julho, a Latam Brasil entrou no processo de recuperação judicial do Grupo Latam nos Estados Unidos. Isso deu à empresa acesso a um empréstimo de US$ 2,4 bilhões concedido por acionistas da companhia e pela Oaktree Capital Management.
Além de retomar rotas nacionais, a Latam informa que os novos voos conectarão Guarulhos à rede internacional da empresa, com destinos como Lima, Nova York, México, Montevidéu, Buenos Aires e Assunção se somando a Lisboa, Madri, Frankfurt e Londres, entre outros.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO