Porto Alegre, sexta-feira, 26 de junho de 2020.
Dia Internacional de Combate às Drogas.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 26 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

mercado financeiro

26/06/2020 - 09h53min. Alterada em 26/06 às 09h54min

Dólar sobe com cautela sobre Covid-19 no exterior e Brasil

Moeda americana tem alta na manhã desta sexta, cotada acima de R$ 5,40

Moeda americana tem alta na manhã desta sexta, cotada acima de R$ 5,40


MARCOS SANTOS/USP IMAGENS/DIVULGAÇÃO/JC
O dólar segue em alta no mercado à vista nesta sexta-feira (26) alinhado ao sinal positivo predominante no exterior ante outras divisas emergentes ligadas a commodities em meio à cautela gerada pelo crescente aumento de novos casos de Covid-19 nos Estados Unidos e também no Brasil. Pesam ainda o desconforto dos investidores após os testes de estresse de bancos americanos e a queda do petróleo.
O dólar segue em alta no mercado à vista nesta sexta-feira (26) alinhado ao sinal positivo predominante no exterior ante outras divisas emergentes ligadas a commodities em meio à cautela gerada pelo crescente aumento de novos casos de Covid-19 nos Estados Unidos e também no Brasil. Pesam ainda o desconforto dos investidores após os testes de estresse de bancos americanos e a queda do petróleo.
A redução da meta de inflação em 2023 para 3,25%, na noite dessa quinta-feira, era amplamente esperada no mercado e está em segundo plano no câmbio. Às 9h40min, o dólar no mercado à vista subia 1,60%, a R$ 5,4204. O dólar futuro para julho avançava 1,10%, a R$ 5,4215.
Comentários