Porto Alegre, domingo, 19 de julho de 2020.
Nelson Mandela Day.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 19 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

combustíveis

- Publicada em 12h38min, 18/06/2020. Alterada em 12h52min, 18/06/2020.

Refap bate recorde mensal de venda de diesel em meio à pandemia

Foram comercializados 134 mil metros cúbicos do produto, superando em 12% a marca anterior

Foram comercializados 134 mil metros cúbicos do produto, superando em 12% a marca anterior


MARCELO G. RIBEIRO/arquivo/JC
A Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), unidade da Petrobras em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, bateu em maio o recorde de venda de diesel S10. Foram comercializados 134 mil metros cúbicos do produto, superando em 12% a marca anterior, de agosto de 2019, que foi de 119 mil metros cúbicos.
A Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), unidade da Petrobras em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, bateu em maio o recorde de venda de diesel S10. Foram comercializados 134 mil metros cúbicos do produto, superando em 12% a marca anterior, de agosto de 2019, que foi de 119 mil metros cúbicos.
O combustível possui 8% de biodiesel em sua composição e é considerado menos poluente. O gerente geral da Refap, Osvaldo Kawakami, diz que havia expectativa de vendas baixas para o diesel por conta da pandemia do novo coronavírus. “Com a mudança de cenário e o aumento inesperado da demanda, tivemos de adaptar nossa planta industrial para atender os clientes", afirmou.
A Refap atende principalmente os mercados do Rio Grande do Sul, parte de Santa Catarina e do Paraná. A unidade tem capacidade de processamento de 32 mil m³ de petróleo por dia. Além do diesel, a refinaria produz gasolina, GLP, óleo combustível, querosene de aviação, solventes (hexano, aguarrás e petrosolve), asfalto, coque, enxofre e propeno.
Comentários CORRIGIR TEXTO