Porto Alegre, quarta-feira, 20 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 20 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 20/05 às 18h26min

Bolsas de Nova Iorque fecham em alta, com papéis de energia e tecnologia em destaque

O índice Dow Jones fechou em alta de 1,52%, em 24.575,90 pontos

O índice Dow Jones fechou em alta de 1,52%, em 24.575,90 pontos


AGÊNCIA PETROBRAS/DIVULGAÇÃO/JC
As bolsas de Nova Iorque fecharam com ganhos, nesta quarta-feira (20). Ações de energia foram apoiadas pela alta do petróleo e os setores de tecnologia e serviços de comunicação também se destacaram, com investidores atentos ao noticiário sobre a retomada econômica dos Estados Unidos.
As bolsas de Nova Iorque fecharam com ganhos, nesta quarta-feira (20). Ações de energia foram apoiadas pela alta do petróleo e os setores de tecnologia e serviços de comunicação também se destacaram, com investidores atentos ao noticiário sobre a retomada econômica dos Estados Unidos.
O índice Dow Jones fechou em alta de 1,52%, em 24.575,90 pontos, o Nasdaq subiu 2,08%, a 9.375,78 pontos, e o S&P 500 teve ganho de 1,67%, a 2.971,61 pontos.
O petróleo registrou ganhos fortes hoje, após a China e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) sinalizarem trabalho conjunto para estabilizar o mercado. Com isso, o subíndice do setor de energia puxou as altas no S&P 500, com avanço de 3,82%. Entre destaques no setor, Chevron subiu 3,78% e ExxonMobil, 3,25%.
Papéis de tecnologia e serviços de comunicação se saíram bem, ajudando o Nasdaq. Facebook se destacou, em alta de 6,04%, após lançar uma plataforma de compras online voltada para pequenos negócios. Alphabet subiu 2,53%, Apple ganhou 1,94% e Microsoft, 1,39%, enquanto Amazon (+1,98%) também avançou.
Entre outros setores, Boeing subiu 2,21% e, entre os bancos, Bank of America avançou 3,15% e Citigroup, 2,34%.
Ainda no noticiário, a ata da última reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) mostrou certa cautela dos dirigentes com a reabertura econômica, mas também a reafirmação do compromisso de apoiar o quadro. O governo do presidente Donald Trump, por sua vez, exibiu mais otimismo com o processo de reabertura econômica, com a porta-voz dizendo que ela já acontece em vários Estados.
Comentários