Porto Alegre, segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Dia do Amigo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Financeiro

- Publicada em 18h02min, 07/05/2020. Alterada em 18h02min, 07/05/2020.

Bolsas de Nova Iorque fecham em alta, com dados da China e Nasdaq

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,89%, a 23.875,89 pontos

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,89%, a 23.875,89 pontos


BRYAN R. SMITH/AFP/JC
As bolsas de Nova Iorque continuaram em trajetória positiva nesta quinta-feira (7), apoiadas pelas notícias de gradual reabertura da economia em vários estados americanos e em nações da Europa e também por dados da balança comercial da China melhores do que a previsão. Além disso, ações dos setores de tecnologia e serviços de comunicação levaram o Nasdaq a se destacar.
As bolsas de Nova Iorque continuaram em trajetória positiva nesta quinta-feira (7), apoiadas pelas notícias de gradual reabertura da economia em vários estados americanos e em nações da Europa e também por dados da balança comercial da China melhores do que a previsão. Além disso, ações dos setores de tecnologia e serviços de comunicação levaram o Nasdaq a se destacar.
O índice Dow Jones fechou em alta de 0,89%, a 23.875,89 pontos, o Nasdaq avançou 1,41%, a 8.979,66 pontos, e o S&P 500 teve ganho de 1,15%, a 2.881,19 pontos.
Com a alta de hoje, o Nasdaq se recuperou de alguns períodos bastante negativos neste ano e agora avança 0,08% em 2020. Entre algumas ações que apoiaram o índice hoje estiveram Apple (+1,03%), Microsoft (+0,58%), Alphabet (+1,77%) e Facebook (+1,34%).
Entre outros papéis importantes, Boeing também se saiu bem, em alta de 5,57% e ajudando o Dow Jones, mas Caterpillar recuou 0,35%. Entre os bancos, Citigroup subiu 3,93% e Goldman Sachs, 3,05%.
A LPL Financial afirmou em relatório hoje que alguns balanços recentes positivos ajudavam o humor, ainda em meio ao "continuado otimismo em relação às reaberturas" da economia. Por outro lado, ela apontou que há vozes questionando se as ações não estariam muito valorizadas.
Entre algumas ações em foco hoje, Moderna subiu 8,66%, após a empresa de biotecnologia informar que recebeu aval para iniciar a segunda fase das pesquisas clínicas para o desenvolvimento de uma vacina para a covid-19.
Contato: gabriel.costa@estadao.com
Comentários CORRIGIR TEXTO