Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

- Publicada em 07h58min, 23/04/2020. Atualizada em 08h10min, 23/04/2020.

Bolsas asiáticas fecham majoritariamente em alta com recuperação do petróleo

O índice japonês Nikkei subiu 1,52% em Tóquio hoje, a 19.429,44 pontos

O índice japonês Nikkei subiu 1,52% em Tóquio hoje, a 19.429,44 pontos


Philip Fong/AFP/JC
As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira (23), à medida que o petróleo continuou se recuperando durante a madrugada após sofrer quedas históricas no começo da semana.
As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira (23), à medida que o petróleo continuou se recuperando durante a madrugada após sofrer quedas históricas no começo da semana.
O índice japonês Nikkei subiu 1,52% em Tóquio hoje, a 19.429,44 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,98% em Seul, a 1.914,73 pontos, o Hang Seng se valorizou 0,35% em Hong Kong, a 23.977,32 pontos, e o Taiex registrou ganho de 0,57% em Taiwan, a 10.366,51 pontos.
As cotações do petróleo mantiveram o rali de ontem durante a madrugada desta quinta, ainda reagindo a tensões entre EUA e Irã e com sinais de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) poderão aprofundar o corte na sua produção.
Nos primeiros dois dias da semana, o petróleo sofreu tombos violentos, chegando a ser negociado abaixo de US$ 0 pela primeira vez na história, uma vez que a demanda pela commodity foi dizimada pela pandemia do coronavírus.
Os mercados da China continental, por outro lado, tiveram perdas moderadas hoje. O Xangai Composto recuou 0,19%, a 2.838,50 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composite caiu 0,50%, a 1.763,03 pontos.
Na Oceania, a bolsa australiana terminou o pregão em baixa marginal, depois de chegar a subir até 1,2% na primeira meia hora de negócios. O S&P/ASX 200 caiu 0,08% em Sydney, a 5.217,10 pontos, influenciado principalmente por ações do setor de saúde. 
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO