Porto Alegre, segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Dia do Amigo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 20 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

transporte

Notícia da edição impressa de 14/04/2020. Alterada em 17/04 às 15h49min

Obras de duplicação atingem 90% da extensão da RS-118

Investimento total é de R$ 131 milhões

Investimento total é de R$ 131 milhões


MARCO QUINTANA/JC
Ao longo de 16 quilômetros de extensão, a ERS-118 já funciona como uma rodovia duplicada. Na quinta-feira passada, foi liberado o trânsito nas pistas centrais e nas obras de arte (estruturas como pontes e viadutos) do km 5 ao km 21.
As obras de duplicação, ainda em andamento em outros trechos, totalizam 21,5 quilômetros da estrada, que é vital para a Grande Porto Alegre. "Essa é uma das nossas obras prioritárias, com relevância para a Região Metropolitana, e dará mais fluidez e segurança para quem transita na rodovia", disse o governador Eduardo Leite.
"Atendemos à determinação do governador Eduardo Leite e proporcionamos todas as condições para que essa obra se aproxime cada vez mais da conclusão", afirmou o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella. "As etapas que finalizamos são um grande indicativo de que o ritmo dos trabalhos segue intenso e que a sociedade, em breve, terá a duplicação da ERS-118 finalmente entregue", acrescentou.
Com investimento de mais de R$ 12 milhões, as obras entregues à população foram as pontes sobre o arroio Sapucaia, no km 8; o viaduto que passa sobre as tubulações da Transpetro, no km 9; o viaduto sobre a avenida Marechal Rondon, no km 12 (com trânsito liberado sobre a estrutura e nas pistas da parte inferior); e a ponte sobre o arroio Barnabé, no km 16.
Também foram inaugurados os retornos sob o viaduto da avenida Theodomiro Porto da Fonseca, no km 3,4, em Sapucaia do Sul. A obra segue avançando, com mudanças nas ruas laterais e serviços complementares nas pistas centrais e complementos de sinalização.
A duplicação da ERS-118 está com 90% de execução concluída. Dividida em três lotes e retomada em junho do ano passado, esta última fase conta com investimento de R$ 131 milhões oriundos de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A conclusão está prevista para dezembro deste ano.
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2020