Porto Alegre, segunda-feira, 23 de março de 2020.
Dia Mundial do Meteorologista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

combustíveis

Alterada em 23/03 às 17h31min

Produção da Petrobras cai 6,5% em fevereiro ante janeiro, diz ANP

Já a produção de gás natural teve queda de 5,3%, para 121,4 milhões de metros cúbicos diários

Já a produção de gás natural teve queda de 5,3%, para 121,4 milhões de metros cúbicos diários


MAURO PIMENTEL/AFP/JC
A produção de petróleo da Petrobras caiu de 2,96 milhões de barris diários em janeiro para 2,76 milhões de b/d em fevereiro, recuo de 6,5%, segundo dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta segunda-feira (23).
A produção de petróleo da Petrobras caiu de 2,96 milhões de barris diários em janeiro para 2,76 milhões de b/d em fevereiro, recuo de 6,5%, segundo dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta segunda-feira (23).
Já a produção de gás natural teve queda de 5,3%, para 121,4 milhões de metros cúbicos diários.
Em fevereiro uma greve dos petroleiros durou 20 dias e, de acordo com o presidente da estatal, Roberto Castello Branco, não deixou de produzir "nenhuma gota de petróleo" por conta da paralisação.
Fevereiro teve 29 dias, contra 31 dias de janeiro, o que pode explicar parte da queda.