Porto Alegre, terça-feira, 10 de março de 2020.
Dia do Telefone.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

saúde

Alterada em 10/03 às 18h30min

Coronavírus: CSN diz ter funcionário com coronavírus e com sintomas de 'resfriado leve'

Nesses casos, a empresa sugere que o colaborador procure o serviço médico da empresa

Nesses casos, a empresa sugere que o colaborador procure o serviço médico da empresa


ANT/FOLHAPRESS/JC
O coronavírus chegou à Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Nesta terça-feira (10), em comunicado interno, a empresa informou aos seus funcionários que foi confirmado um caso entre os colaboradores do escritório de sua sede na Avenida Faria Lima. "O colaborador está bem de saúde e os sintomas se equivalem ao de um resfriado leve", segundo a empresa.
O coronavírus chegou à Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Nesta terça-feira (10), em comunicado interno, a empresa informou aos seus funcionários que foi confirmado um caso entre os colaboradores do escritório de sua sede na Avenida Faria Lima. "O colaborador está bem de saúde e os sintomas se equivalem ao de um resfriado leve", segundo a empresa.
 
No comunicado, a CSN alerta aos seus funcionários que "mantenham os cuidados de prevenção indicados pelo Ministério da Saúde", como lavar as mãos frequentemente, usar álcool em gel, evitar aglomerações se estiver doente, manter os ambientes ventilados e cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir.
A empresa afirma que "não há motivos para mais preocupações, bastando ficar atento aos sintomas como febre, tosse ou resfriado, assim como dificuldade para respirar".
Nesses casos, a empresa sugere que o colaborador procure o serviço médico da empresa.
Procurada, a CSN não comentou até o fechamento deste texto.