Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Turismo

- Publicada em 03h00min, 27/01/2020.

Projeto do Centro de Convenções está no Ministério do Turismo

O projeto para construção do Centro de Convenções e Eventos de Porto Alegre foi cadastrado no Ministério do Turismo pela Diretoria de Captação, Recursos e Programas de Financiamento da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (SMPG).
O projeto para construção do Centro de Convenções e Eventos de Porto Alegre foi cadastrado no Ministério do Turismo pela Diretoria de Captação, Recursos e Programas de Financiamento da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (SMPG).
A novidade ocorreu após o prefeito Nelson Marchezan Júnior ter se reunido com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na semana passada, e recebido a confirmação de que serão liberados cerca de R$ 60 milhões com recursos extraorçamentários. Marchezan também tratou do assunto com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e ressaltou a importância da obra para Porto Alegre atrair mais eventos de turismo. "Esse projeto é a continuidade do desenvolvimento da região do Guaíba", salienta.
De acordo com a secretária municipal de Planejamento e Gestão, Juliana Castro, o município cumpriu as exigências feitas - escolha da área, licenciamentos e licitação do projeto - e depende da chamada Autorização de Início de Objeto (AIO), por parte do governo federal, para o efetivo início dos trabalhos. "Estamos empenhados na liberação dos recursos e para garantir o início desse projeto", destaca.
O espaço será erguido em área privilegiada de 3,7 hectares, ao lado do Estádio Beira-Rio, na orla do Guaíba. Será construído em etapas e permitirá a realização de negócios com atratividade de até 30 mil pessoas/dia. A ideia é que tenha, em sua primeira fase, um salão principal, com capacidade para 3 mil pessoas e salas para convenções e eventos corporativos para atender de 300 a 500 pessoas. Para a segunda etapa, está previsto um espaço de 15 mil metros quadrados para feiras e eventos, incluindo um amplo estacionamento no piso inferior.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO