Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

varejo

- Publicada em 03h00min, 22/01/2020.

Receita da Hering cai 5% no trimestre

A Cia. Hering divulgou nesta segunda-feira (20) queda de 5,2% no faturamento bruto do quarto trimestre sobre o mesmo período de 2018, a R$ 502,9 milhões, impactada por "ressaca" acima da esperada nas vendas após a Black Friday.

A Cia. Hering divulgou nesta segunda-feira (20) queda de 5,2% no faturamento bruto do quarto trimestre sobre o mesmo período de 2018, a R$ 502,9 milhões, impactada por "ressaca" acima da esperada nas vendas após a Black Friday.

A companhia, que registrou alta nas vendas em mesmas lojas - conceito que considera somente unidades em operação há pelo menos 12 meses - nos sete trimestres anteriores, teve queda de 4% no quesito nos últimos três meses de 2019.

Em relatório operacional, a companhia afirmou que o fraco desempenho de dezembro - que tradicionalmente responde por cerca de 60% das vendas do último trimestre - foi reflexo do aumento das vendas em outubro e novembro, meses característicos de compras por conta do dia das crianças e pela Black Friday.

"A ressaca de vendas após a Black Friday já era esperada em razão da antecipação de parte das compras, entretanto este movimento se estendeu mesmo após a segunda quinzena de dezembro", afirmou a empresa. As vendas da marca Hering recuaram 5% no trimestre, para R$ 382,5 milhões, enquanto o faturamento da marca PUC, também pertencente à companhia, caiu 32,7%. Hering Kids e Dzarm tiveram crescimentos de 0,7% e 7,1%.

Comentários CORRIGIR TEXTO