Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

ENERGIA

16/01/2020 - 16h21min. Alterada em 16/01 às 16h21min

Tempestade derruba torres de transmissão no Litoral Sul

 Segundo a TSLE, cinco torres de energia  foram derrubadas e outras oito sofreram danos parciais

Segundo a TSLE, cinco torres de energia foram derrubadas e outras oito sofreram danos parciais


JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
Treze torres de transmissão de energia localizadas no Litoral Sul do Estado tiveram suas estruturas comprometidas por conta do temporal e dos fortes ventos que atingiram a região na quarta-feira (15). De acordo com a Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE), cinco torres de energia  foram derrubadas e outras oito sofreram danos parciais.
Treze torres de transmissão de energia localizadas no Litoral Sul do Estado tiveram suas estruturas comprometidas por conta do temporal e dos fortes ventos que atingiram a região na quarta-feira (15). De acordo com a Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE), cinco torres de energia  foram derrubadas e outras oito sofreram danos parciais.
Por conta da tempestade, houve o desligamento emergencial  da Linha de Transmissão Povo Novo – Marmeleiro 2 (525 kV), por volta das 15h, e o fornecimento de energia foi restabelecido gradativamente, por meio de sistemas alternativos.
De acordo com a empresa, mais de 150 profissionais foram mobilizados para atuar nos reparos na região da Estação Ecológica do Taim, localizada entre os municípios de Rio Grande e Santa Vitória do Palmar, principalmente na recomposição das estruturas danificadas pela tempestade.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia