Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de janeiro de 2020.
Dia Nacional do Fotógrafo.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR
Edição impressa de 08/01/2020. Alterada em 08/01 às 03h00min

fechamento

Loterias

Loterias

O concurso 5.164 da Quina sorteou ontem as dezenas 11, 62, 65, 74 e 80. A Dupla-Sena, concurso 2.034, sorteou as dezenas 02, 12, 13, 23, 25 e 43 (1ª faixa) e 02, 24, 25, 31, 32 e 39 (2ª faixa). Os resultados são extraoficiais.

Iguatemi

A Iguatemi fechou a compra de uma participação de 47% na Maiojama Participações, que tem 14% no Shopping Iguatemi Porto Alegre, na torre Iguatemi Business anexa ao empreendimento e na Administradora Gaúcha, responsável pelo complexo. A negociação envolveu valores de R$ 123 milhões, pagos à vista. A Iguatemi já tem parceria com a Maiojama em outros empreendimentos, como três shoppings na Região Sul.

Cristóvão Colombo

A prefeitura de Porto Alegre definiu os responsáveis pelos serviços remanescentes da construção da trincheira da Cristóvão Colombo. O consórcio DDS, formado pelas empresas Dobil e DW Engenharia, foi o vencedor da licitação, que, agora, será homologada. O consórcio ficará encarregado de concluir a execução das obras, com 90% dos serviços já realizados e mais investimento de R$ 2,4 milhões.

Carnaval de rua

A prefeitura da Capital lança hoje, às 11h, o edital para selecionar a produtora responsável por organizar o Carnaval de rua de Porto Alegre. Será a segunda vez que a cidade terá esse tipo de evento estruturado a partir de editais, com regras e caderno de encargos. Entre as exigências estão oferecer banheiros químicos, sinalização para bloqueio de trânsito, UTIs móveis e plano de proteção de áreas verdes, parques e monumentos.

Sistema prisional

O governo federal aplicou, no ano passado, apenas 35% do dinheiro do Fundo Penitenciário Nacional, usado para reformas no sistema carcerário do País. Havia em caixa R$ 912,5 milhões para aplicar no ano, mas, até 31 de dezembro, só R$ 322 milhões foram executados.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia