Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Comunicação

Edição impressa de 24/12/2019. Alterada em 24/12 às 03h00min

Luiz Coronel é o homenageado da Coleção Dicionários do Grupo Zaffari

Coronel foi recebido pelo diretor de Operações do JC, Giovanni Tumelero

Coronel foi recebido pelo diretor de Operações do JC, Giovanni Tumelero


MARCO QUINTANA/JC

Desde 2005, o poeta e publicitário gaúcho Luiz Coronel encerra o ano com um dicionário que ultrapassa a literalidade usual desse formato de publicação. A Coleção Dicionários, de realização do Grupo Zaffari, reúne a obra de grandes nomes da literatura, nacional e internacional, através de verbetes que contextualizam a sua produção. Neste ano, o autor homenageado é o próprio Luiz Coronel.

Desde 2005, o poeta e publicitário gaúcho Luiz Coronel encerra o ano com um dicionário que ultrapassa a literalidade usual desse formato de publicação. A Coleção Dicionários, de realização do Grupo Zaffari, reúne a obra de grandes nomes da literatura, nacional e internacional, através de verbetes que contextualizam a sua produção. Neste ano, o autor homenageado é o próprio Luiz Coronel.

Em quase 15 anos de publicação, o projeto não se limita a trazer definições literais sobre o significado das palavras nas obras dos autores escolhidos, mas sim apresentar como esse termo aparece na produção do escritor. Através de uma pesquisa aprofundada sobre a obra completa do autor, a equipe de produção seleciona 1.000 verbetes, organizados em ordem alfabética, que constroem essa contextualização e apresentam seu significado. Cada dicionário editado soma 4.500 exemplares e demanda uma equipe de cerca de 60 profissionais.

O livro "Dicionário Luiz Coronel - um domingo ensolarado" é o quarto a ilustrar uma figura gaúcha. Antes de Coronel, Érico Verissimo (em 2005), Mario Quintana (em 2006) e Luis Fernando Verissimo (em 2012), também foram homenageados pelo projeto. Além dos gaúchos, Coronel e a Coleção Dicionários reverenciaram também Guimarães Rosa, Machado de Assis, Gabriel Garcia Márquez, William Shakespeare, Fernando Pessoa, Miguel de Cervantes, Clarice Lispector, Mário e Oswald de Andrade, Carlos Nejar e Virgínia Woof.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia