Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Comércio Exterior

- Publicada em 10h12min, 02/12/2019. Atualizada em 10h12min, 02/12/2019.

Bolsonaro diz que usará canal aberto com Trump para falar de tarifas de aço e alumínio

Bolsonaro vai tratar da questão com o ministro da Economia, e não descarta ligar para Trump

Bolsonaro vai tratar da questão com o ministro da Economia, e não descarta ligar para Trump


JIM WATSON/AFP/JC
Agência Brasil
O presidenter Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira que fará uso do "canal aberto" que tem com o presidente norte-americano, Donald Trump, para conversar sobre a decisão de retomar as tarifas cobradas para importação de aço e alumínio brasileiros.
O presidenter Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira que fará uso do "canal aberto" que tem com o presidente norte-americano, Donald Trump, para conversar sobre a decisão de retomar as tarifas cobradas para importação de aço e alumínio brasileiros.
A retomada das tarifas foi anunciada pelo presidente dos Estados Unidos (EUA) em sua conta no Twitter. Segundo ele, "Brasil e Argentina têm presidido uma desvalorização maciça de suas moedas. o que não é bom para os agricultores norte-americanos. Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todos os aços e alumínio enviados para os EUA a partir desses países?", disse Trump na rede social nesta segunda-feira.
"As reservas também devem agir para que os países, dos quais existem muitos, não aproveitem mais nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas. Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportar seus produtos de maneira justa?", acrescentou o presidente dos EUA.
Bolsonaro afirmou que o assunto será tratado ainda nesta segunda-feira com o ministro da Economia, Paulo Guedes. "Vou conversar com o (Paulo) Guedes agora, e se for o caso, ligo para o Trump, porque tenho canal aberto com ele", disse o presidente durante o Nação Caixa - Banco de Inclusão, evento onde foram apresentadas as ações já realizadas pelo banco em benefício das pessoas com deficiência, incluindo clientes e empregados.
Comentários CORRIGIR TEXTO