Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de novembro de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Varejo

Edição impressa de 26/11/2019. Alterada em 26/11 às 03h00min

Carrinho Agas premia destaques das gôndolas

Evento de premiação reuniu ontem os agraciados e mais de mil convidados em Porto Alegre

Evento de premiação reuniu ontem os agraciados e mais de mil convidados em Porto Alegre


/NÍCOLAS CHIDEM/JC
Uma festa para 1 mil convidados marcou nesta segunda-feira a premiação do Carrinho Agas 2019, que destacou como Empresário do Ano Eduardo Bier, criador da cervejaria Dado Bier. A principal distinção entre as mulheres do autosserviço foi dedicada à Elzira Nicolini, matriarca da Supermercados Nicolini, de Bagé. Ao todo, 42 empresas e personalidades tiveram seus trabalhos premiados a partir de votação feita por representantes das 250 maiores redes de supermercados do Estado.
Uma festa para 1 mil convidados marcou nesta segunda-feira a premiação do Carrinho Agas 2019, que destacou como Empresário do Ano Eduardo Bier, criador da cervejaria Dado Bier. A principal distinção entre as mulheres do autosserviço foi dedicada à Elzira Nicolini, matriarca da Supermercados Nicolini, de Bagé. Ao todo, 42 empresas e personalidades tiveram seus trabalhos premiados a partir de votação feita por representantes das 250 maiores redes de supermercados do Estado.
A indústria gaúcha, em geral, também se sobressaiu na 36ª edição do prêmio. A participação de fabricantes do Rio Grande do Sul entre os agraciados subiu de 67% em 2018 para 70% em 2019, de acordo com a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas). Entre as estreantes no Carrinho Agas, a produção gaúcha igualmente se diferenciou nesta edição. Das oito empresas que em 2019 são contempladas pela primeira vez, e a maioria é do Rio Grande do Sul, como a Pirahy Alimentos (Arroz Prato Fino), Docile (Balas e Doces) e Ave Serra, de Presidente Lucena (Fornecedor de Frangos), entre outras.
"Saudamos a força regional, mostrando que o setor supermercadista valoriza muito o produto local, o relacionamento olho no olho e a confiança no seu fornecedor", elogia o presidente da entidade, Antônio Cesa Longo.
Longo destacou ainda que o aumento de premiados também reflete a qualidade das empresas centenárias. "Temos aqui indústrias que, ou já chegaram aos 100 anos, ou se aproximam disso. E que ainda irão aos 200 anos, a julgar pela qualidade, renovação e trabalho de seus sucessores", elogiou o presidente da Agas.
O prêmio ampliou o número de agraciados com a criação do troféu "De Pai pra Filho". A ideia foi homenagear processos sucessórios que podem servir de modelo a outros. Na categoria Indústria, quem levou o distinção foi o trio Zildo, Paulo e Izabel De Marchi, da Uniagro. O ministro chefe da Casa Civil com Onyx e Rodrigo Lorenzoni foram os escolhidos na área de personalidades públicas. Na área da comunicação, Otávio e Alexandre Gadret, da Rede Pampa, foram os escolhidos.
Sobre a trajetória do destaque Empresário do Ano, Longo avalia que a carreira empreendedora é o grande diferencial. Bier iniciou a carreira de empresário com a implantação de uma surf shop, migrou para o ramo de restaurantes e casas noturnas e hoje produz, distribui e exporta uma das marcas de cerveja mais vendidas nos supermercados.
O prêmio ao empresário também é uma distinção à cervejaria que em março de 2020 completa 25 anos. Bier sinalizou que o caminho de apostar nas vendas e expansão por meio do setor de autosserviço foi uma estratégia adequada. O empresário conta que o planejamento da empresa é sempre de médio e longo prazo, e passo a passo. "Hoje, estamos presentes no Rio Grande do Sul e Santa Catarina e vamos agora o Paraná em 2020. Temos algumas exportaçoes para Estados Unidos e no Paraguai, já há dois anos, e nos EUA devemos ampliar as vendas do Colorado também para o Texas", destaca Bier.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia