Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de novembro de 2019.
Dia Mundial da Televisão. Dia da Homeopatia e Dia do Homeopata.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

trabalho

22/11/2019 - 09h09min. Alterada em 22/11 às 09h09min

Caixa libera pagamento para não correntistas nascidos em junho e julho

Agências do banco vão ter horário estendido para pagamento do benefício

Agências do banco vão ter horário estendido para pagamento do benefício


MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL/JC
A Caixa continua nesta sexta-feira (22) o pagamento do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para quem não tem conta corrente nem conta poupança na instituição. Nesta nova fase poderão receber os trabalhadores que fazem aniversário em junho e julho. Serão pagos R$ 3,3 bilhões para aproximadamente 8,7 milhões de pessoas. Para atender à demanda, os bancos da Caixa vão funcionar em horário estendido.
A Caixa continua nesta sexta-feira (22) o pagamento do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para quem não tem conta corrente nem conta poupança na instituição. Nesta nova fase poderão receber os trabalhadores que fazem aniversário em junho e julho. Serão pagos R$ 3,3 bilhões para aproximadamente 8,7 milhões de pessoas. Para atender à demanda, os bancos da Caixa vão funcionar em horário estendido.
O saque extraordinário foi autorizado por um decreto do governo federal em julho passado. O objetivo inicial do governo era liberar até 35% de cada conta mas, após pressão do setor de construção civil, ficou estabelecido o teto de R$ 500. De acordo com empresários da área, a liberação porcentual implicaria em um efeito cascata prejudicial à economia brasileira.
"Confio no bom senso do governo. Não tem dinheiro para saque extra, desestabiliza o fundo e gera desemprego no setor", afirmou à época o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), José Carlos Martins.
Cálculos do governo apontam que os saques extraordinários do FGTS, junto com a liberação dos saldos do PIS/Pasep, podem injetar até R$ 30 bilhões na economia brasileira em 2019 e R$ 12 bilhões em 2020, aumentando a previsão inicial de crescimento do PIB de 0,81% para 1,1%. No último dia 7 de novembro, o mercado reajustou a projeção de crescimento do PIB para 0,90%.
Os contribuintes podem sacar até R$ 500 de cada conta do FGTS. Um trabalhador com uma conta ativa e outra inativa, por exemplo, pode receber até R$ 1 mil. De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, 96 milhões de trabalhadores devem ser beneficiados.
Pelo novo cronograma antecipado, divulgado no último dia 21 de outubro pela Caixa, todos os trabalhadores poderão sacar o valor ainda em 2019. Confira as datas:
- Aniversário em fevereiro ou março: 25 de outubro
- Aniversário em abril e maio: 8 de novembro
- Aniversário em junho e julho: 22 de novembro
- Aniversário em agosto: 29 de novembro.
- Aniversário em setembro e outubro: 6 de dezembro.
- Aniversário em novembro e dezembro: 18 de dezembro
A data limite para recebimento dos valores continua sendo 31 de março de 2020. Anteriormente, a previsão da Caixa era de que os saques imediatos somente seriam finalizados em 6 de março de 2020, quando seriam pagos os valores para quem faz aniversário em dezembro.
Estadão Conteúdo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia