Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 14 de novembro de 2019.
Dia do Bandeirante.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

turismo

Edição impressa de 14/11/2019. Alterada em 14/11 às 18h00min

Vieni Viver la Vita é atração em Monte Belo do Sul

Festival gratuito ocorre sexta-feira e sábado

Festival gratuito ocorre sexta-feira e sábado


cultura serra/divulgacao/jc
O município de Monte Belo do Sul, localizado a 137 quilômetros de Porto Alegre e próximo a Bento Gonçalves, na Serra gaúcha, realiza, nesta sexta-feira e sábado, das 10h às 22h, a segunda edição do Festival Vieni Vivere la Vita, com o propósito de oferecer uma experiência turística única aos visitantes.
O município de Monte Belo do Sul, localizado a 137 quilômetros de Porto Alegre e próximo a Bento Gonçalves, na Serra gaúcha, realiza, nesta sexta-feira e sábado, das 10h às 22h, a segunda edição do Festival Vieni Vivere la Vita, com o propósito de oferecer uma experiência turística única aos visitantes.
O evento ocorre na praça Padre José Ferlin, com barracas de expositores de vinhos e espumantes, além de produtos da agroindústria local, bem como, artesanato e uma grande programação cultural e variada gastronomia italiana. Ao todo, participam 20 empreendimentos. De acordo com o secretário de Cultura e Turismo de Monte Belo do Sul, Álvaro Manzoni, o município de 2,5 mil habitantes espera ampliar o número de visitantes em relação à edição do ano passado - que foi realizado em apenas um dia - e que recebeu mais de três mil pessoas. Manzoni explica que a atividade pretende não só destacar o município como um destino turístico, mas também consolidar o encontro na agenda regional.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia