Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de outubro de 2019.
Dia do Funcionário Público. Dia de São Judas Tadeu.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Turismo

Edição impressa de 28/10/2019. Alterada em 27/10 às 21h20min

Litoral Norte espera veraneio mais rentável

Pedidos de novos espaços comerciais aumentaram nas cidades praianas gaúchas, como Capão da Canoa

Pedidos de novos espaços comerciais aumentaram nas cidades praianas gaúchas, como Capão da Canoa


/BETO RODRIGUES/DIVULGAÇÃO/JC
João Pedro Rodrigues
Faltando quase dois meses para o fim do ano, o comércio do Litoral Norte do Estado demonstra boas perspectivas para o próximo verão. Apesar do período mais curto, devido ao Carnaval no final do mês de fevereiro, que acaba comprimindo a temporada, há um consenso de que o veraneio de 2020 será mais rentável do que nos últimos anos. De acordo com o presidente da Associação Comercial Industrial e Prestadora de Serviço de Capão da Canoa (ACICC), Augusto César Roesler Smaniotto, espera-se um aumento de 10% a 15% na receita da cidade em relação ao ano passado.
Faltando quase dois meses para o fim do ano, o comércio do Litoral Norte do Estado demonstra boas perspectivas para o próximo verão. Apesar do período mais curto, devido ao Carnaval no final do mês de fevereiro, que acaba comprimindo a temporada, há um consenso de que o veraneio de 2020 será mais rentável do que nos últimos anos. De acordo com o presidente da Associação Comercial Industrial e Prestadora de Serviço de Capão da Canoa (ACICC), Augusto César Roesler Smaniotto, espera-se um aumento de 10% a 15% na receita da cidade em relação ao ano passado.
Segundo Smaniotto, para as instituições que fazem a liberação de alvará e do Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) para lojas e demais espaços comerciais, a expectativa é de aumentar em até 40% o número de pedidos na alta temporada, em decorrência da quantidade de novos negócios que abrem no litoral, entre redes grandes e pequenas. Com esse crescimento, a esperança é de que haja um fomento no mercado local, gerando empregos e movimentando o público. "Tem empresas que fazem contratações temporárias de um ou dois, mas há redes grandes que estão contratando em torno de 35 a 40 pessoas novas", acrescenta.
Notícias sobre turismo são importantes para você?
A atração de empresas é um resultado da demanda e do fluxo de pessoas esperadas entre dezembro e março. Como a renda está mais curta e o dólar subiu nos últimos meses, parte dos viajantes desistiu do exterior e deve ficar por aqui mesmo, em cidades como Tramandaí, Imbé e Capão da Canoa.
Entre os períodos de maior movimentação na alta temporada, o principal e mais esperado pelo comércio é o da véspera de Natal, em que o mercado da região obtém grande rendimento. Marcelo Marques, vice-presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Tramandaí e Imbé, diz que a estratégia da organização para incentivar o movimento é trazer benefícios para o empresário através de cursos, palestras e parcerias. Para isso, eles irão lançar uma promoção natalina a fim de ajudar a impulsionar as vendas do comércio e dar uma melhor visibilidade para as cidades.
O ânimo frente ao atual cenário comercial na região litorânea do Estado, porém, não parece ser unânime. Berenice Rolim, sócia-proprietária da Visual Calçados, de Capão da Canoa, é mais realista. Com uma organização estruturada para as vendas, a sua estratégia ao longo do ano garante uma estabilidade nos negócios, embora ela ainda note uma alta no seu termômetro para o veraneio. "Quando os feriados são bons, a nossa temporada é boa, e, pelos feriados que vêm tendo, que deram um gás e fomentaram o nosso município, eu acredito que o nosso verão vai ser bem bom."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
w.jornaldocomercio.com/index.php?id=/edicoes_anteriores/index.php">Edições anteriores
Especiais
Fale conosco
Trabalhe conosco
Assine
Portal de Relacionamento
EDITORIAIS

Economia
Política
Geral
Internacional
Esportes
Cultura
Opinião
Colunas
Cadernos
GeraçãoE
Jornal Cidades
Marcas
SERVIÇOS

Agenda de eventos
Indicadores
Galeria de imagens
Galeria de vídeos
Tempo
RSS
Newsletter
Blog Acontecendo