Porto Alegre, sábado, 25 de julho de 2020.
Dia do Escritor. Dia do Motorista .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 25 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Comércio Exterior

- Publicada em 03h03min, 11/10/2019. Atualizada em 03h00min, 11/10/2019.

Bélgica apresenta oportunidades de negócios para empresas gaúchas

A Fecomércio-RS sediou uma mesa redonda sobre negócios com a Bélgica. O embaixador belga no Brasil, Patrick Hermann, que comandou a abertura do evento, falou sobre as oportunidades de negócios e parcerias entre empresas gaúchas com o país europeu.
A Fecomércio-RS sediou uma mesa redonda sobre negócios com a Bélgica. O embaixador belga no Brasil, Patrick Hermann, que comandou a abertura do evento, falou sobre as oportunidades de negócios e parcerias entre empresas gaúchas com o país europeu.
Em 2018, o Brasil exportou US$ 3,197 bilhões em produtos para a Bélgica, crescimento de 0,73% ante 2017. Os principais itens brasileiros vendidos foram suco de laranja, tabaco, café, celulose e polímeros. Já as importações brasileiras de produtos belgas somaram US$ 1,795 bilhão no período, aumento de 6,14% em relação ao ano anterior. As maiores compras brasileiras foram de produtos médicos e veterinários e defensivos agrícolas.
O embaixador falou sobre as vantagens logísticas para os países do Mercosul que desejam exportar para a Europa e como a Bélgica investe para ser uma das portas de entrada das empresas brasileiras para o mercado da União Europeia, com infraestrutura de portos e aeroportos, além de incentivos ficais para a instalação de empresas no país. Empresas de investimento e logística também estiveram no evento para debater os caminhos facilitados para se fazer negócios entre os dois países. Os setores chaves da economia belga são engenharia mecânica, biotecnologia, tecnologia ambiental e transporte e logística. Além disso, a Bélgica conta com diferentes polos de atividade econômica e incentivos fiscais em pesquisa e desenvolvimento. Também participaram do evento, o Cônsul Geral da Bélgica em São Paulo, Matthieu Branders, a Cônsul Honorária em Porto Alegre, Katia Pinheiro, e outras autoridades
Comentários CORRIGIR TEXTO