Porto Alegre, sábado, 25 de julho de 2020.
Dia do Escritor. Dia do Motorista .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 25 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

tecnologia

- Publicada em 03h04min, 27/09/2019. Atualizada em 03h00min, 27/09/2019.

Novo iPhone chega ao Brasil em 18 de outubro

Valores em reais dos novos modelos ainda não foram divulgados

Valores em reais dos novos modelos ainda não foram divulgados


/JUSTIN SULLIVAN/AFP/JC
Pouco mais de um mês após a apresentação do novos modelos de iPhone nos Estados Unidos, a versão 11, 11 Pro e 11 Pro Max, a Apple deve lançá-los no Brasil em 18 de outubro, segundo informações da companhia americana.
Pouco mais de um mês após a apresentação do novos modelos de iPhone nos Estados Unidos, a versão 11, 11 Pro e 11 Pro Max, a Apple deve lançá-los no Brasil em 18 de outubro, segundo informações da companhia americana.
Ainda não foi divulgado a quantia que o brasileiro terá que desembolsar para comprar os aparelhos. Nos Estados Unidos, eles terão preço inicial de US$ 699 (iPhone 11), US$ 999 (11 Pro) e US$ 1.099 (11 Pro Max). Eles chegam para substituir XR, XS e XS Max.
A linha mais popular ganhou as cores roxo, verde, preto, branco, dourado e vermelho, além de modo noturno para a fotografia. O tempo de bateria na comparação entre o iPhone 11 e o XR aumentou uma hora. Já a linha pro, mais cara, será vendida em quatro cores e ganhou aumento substancial de bateria: cinco horas na comparação com o XS Max.
A qualidade da imagem, aliada ao processador mais rápido do mercado, segundo a Apple, foi aperfeiçoada por sistemas de inteligência artificial que garantirão mais detalhes à fotografia. O sistema de câmeras do iPhone Pro terá agora uma angular, uma grande angular e uma teleobjetiva.
Com o anúncio, a fabricante Apple tira do mercado algumas versões e derruba em US$ 150 os preços do modelo XR, que vai a US$ 599, e do iPhone 8, a US$ 449.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO