Porto Alegre, sábado, 25 de julho de 2020.
Dia do Escritor. Dia do Motorista .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 25 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Comércio Exterior

- Publicada em 21h24min, 24/09/2019. Atualizada em 09h56min, 25/09/2019.

Rio Grande do Sul ganha escritório regional da Apex-Brasil

Espaço da agência foi instalado na sede da Fiergs, em Porto Alegre

Espaço da agência foi instalado na sede da Fiergs, em Porto Alegre


/MARCO QUINTANA/JC
Carlos Villela
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) inaugurou nesta terça-feira (24) seu escritório especial para a Região Sul do Brasil. Localizado no primeiro andar da sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), o escritório é o terceiro regional da agência, que, além da sede, em Brasília, possui unidades em Pernambuco e em São Paulo.
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) inaugurou nesta terça-feira (24) seu escritório especial para a Região Sul do Brasil. Localizado no primeiro andar da sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), o escritório é o terceiro regional da agência, que, além da sede, em Brasília, possui unidades em Pernambuco e em São Paulo.
O evento contou com a presença do presidente da Apex-Brasil, o contra-almirante Sergio Segovia, do coordenador do Conselho de Comércio Exterior (Concex) da Fiergs, Cezar Müller, e do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), o deputado estadual licenciado Ruy Irigaray (PSL). O termo de funcionamento foi assinado por Segovia e pelo presidente da Fiergs, Gilberto Petry.
Notícias sobre economia são importantes para você?
De acordo com Segovia, o escritório visa atender de modo mais próximo às demandas dos estados do Sul do Brasil. "Estar aqui é garantir a aproximação com a Região Sul, onde estão a quarta, a quinta e a sétima maiores economias do País" - Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, respectivamente. Segovia apontou o interesse estratégico do Rio Grande do Sul para as exportações nacionais, especialmente porque o Estado representa 17,2% do total de empresas atendidas no Programa de Qualificação para Exportação da Apex-Brasil (PEIEX).
Müller afirmou que o Brasil passou por uma "década perdida" em termos de exportação, e que a indústria tem como prioridade o comércio exterior. Por isso, acredita ele, o escritório regional pode aumentar o apoio para quem já exporta e facilitar o acesso de empresas menores da região aos processos necessários para a internacionalização.
Irigaray comemorou a agilidade do processo de instalação do escritório. Segundo ele, foram apenas 45 dias entre o pedido de abertura até a inauguração. Segundo ele, a inauguração significa uma mudança na ideia de um Estado ineficiente e com problemas estruturais para "um novo momento que vive o Rio Grande do Sul e o Brasil". "Estabelecemos um marco de alinhamento com o governo federal", afirmou.
O escritório começará a funcionar a partir do dia 15 de outubro, de segunda a sexta das 8h30min às 17h30min.
Comentários CORRIGIR TEXTO