Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de agosto de 2019.
Dia do Psicólogo e do Corretor de Imóveis.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tributos

27/08/2019 - 11h19min. Alterada em 27/08 às 11h19min

Governo zera tarifa de importação de bens de capital e bens de informática

Medidas entram em vigor em dois dias úteis e terão vigência até 31 de dezembro de 2021

Medidas entram em vigor em dois dias úteis e terão vigência até 31 de dezembro de 2021


MARIANA CARLESSO/JC
Estadão Conteúdo
A Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia zerou as tarifas de importação de vários bens de capital e de bens de informática e telecomunicações. Os itens beneficiados são máquinas e equipamentos industriais sem fabricação nacional, todos na condição de ex-tarifários. Originalmente, esses bens são tributados com alíquotas como 12%, 14%, 16%, 18%.
A Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia zerou as tarifas de importação de vários bens de capital e de bens de informática e telecomunicações. Os itens beneficiados são máquinas e equipamentos industriais sem fabricação nacional, todos na condição de ex-tarifários. Originalmente, esses bens são tributados com alíquotas como 12%, 14%, 16%, 18%.
A decisão consta de duas resoluções publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira. As medidas entram em vigor em dois dias úteis e terão vigência até 31 de dezembro de 2021.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia