Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de agosto de 2019.
Dia do Folclore.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

aviação

22/08/2019 - 13h29min. Alterada em 22/08 às 13h29min

Governo de Portugal assina contrato para a compra de 5 aviões da Embraer

Entregas das aeronaves estão programadas para começar em 2023

Entregas das aeronaves estão programadas para começar em 2023


EMBRAER/REPRODUÇÃO/JC
Estadão Conteúdo
A Embraer informou que o governo de Portugal assinou nesta quinta-feira (22), em Évora, contrato para a compra de cinco aviões de transporte multimissão KC-390. As entregas estão programadas para começar em 2023.
A Embraer informou que o governo de Portugal assinou nesta quinta-feira (22), em Évora, contrato para a compra de cinco aviões de transporte multimissão KC-390. As entregas estão programadas para começar em 2023.
"A aeronave cumpre os requisitos da Força Aérea Portuguesa sendo capaz de realizar diversas missões civis, incluindo apoio humanitário, evacuação médica, busca e salvamento e combate a incêndios florestais e acrescenta capacidades superiores de transporte e lançamento de carga e tropas, e reabastecimento em voo", disse a companhia.
Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança, afirmou que o KC-390 atenderá às necessidades operacionais de Portugal, garantindo a capacidade de integração com as nações aliadas pelas próximas décadas.
A Embraer informou que Portugal é o maior parceiro internacional do Programa KC-390. O KC-390 recebeu o Certificado de Tipo da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) do Brasil em 2018 e está em plena produção seriada.
A entrada em serviço da aeronave está prevista para o terceiro trimestre de 2019 com a Força Aérea Brasileira (FAB) e mais entregas esperadas no decorrer do ano, de acordo com a Embraer.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia