Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado de Capitais

- Publicada em 03h08min, 19/08/2019. Atualizada em 03h00min, 19/08/2019.

Ibovespa registra alta de 0,76%, e cotação do dólar fecha em R$ 4,00

/

O bom desempenho das bolsas na Europa e nos Estados Unidos foi determinante para que o Índice Bovespa operasse em alta durante todo o pregão de sexta-feira, mas sem grande entusiasmo. O principal índice de ações da B3 até ensaiou recuperar a marca dos 100 mil pontos, perdida na quinta-feira, mas não teve fôlego para sustentar o patamar por mais que alguns minutos. Ao final dos negócios, marcou 99.805 pontos, em alta de 0,76%.

O bom desempenho das bolsas na Europa e nos Estados Unidos foi determinante para que o Índice Bovespa operasse em alta durante todo o pregão de sexta-feira, mas sem grande entusiasmo. O principal índice de ações da B3 até ensaiou recuperar a marca dos 100 mil pontos, perdida na quinta-feira, mas não teve fôlego para sustentar o patamar por mais que alguns minutos. Ao final dos negócios, marcou 99.805 pontos, em alta de 0,76%.

O avanço do Ibovespa apenas amenizou as fortes perdas da semana, que somaram 4,03%. Nos últimos cinco pregões, as oscilações foram comandadas pelo noticiário internacional, com escassa influência dos cenários político e corporativo no Brasil.

O dólar registrou a quinta semana consecutiva de valorização no Brasil, influenciado pelo aumento do temor de piora da economia mundial e, nos últimos dias, pela crise na Argentina. O dólar à vista fechou a sexta-feira em R$ 4,0031, com alta de 0,33%. A moeda norte-americana acumulou alta de 1,59%.

Comentários CORRIGIR TEXTO