Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de agosto de 2019.
Dia do Economista .

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mobilidade

13/08/2019 - 17h58min. Alterada em 13/08 às 17h58min

99 lança novo recurso de segurança para motoristas parceiros

Botão de emergência quer facilitar contato dos motoristas em situações de risco

Botão de emergência quer facilitar contato dos motoristas em situações de risco


99/DIVULGAÇÃO/JC
A empresa de mobilidade urbana 99 anuncia que está ampliando seu sistema de segurança, com a implantação de um botão de emergência para motoristas do aplicativo. A funcionalidade, que já existia para passageiros desde 2018, chega ao Brasil depois de ser implementada com sucesso na China no último ano.
A empresa de mobilidade urbana 99 anuncia que está ampliando seu sistema de segurança, com a implantação de um botão de emergência para motoristas do aplicativo. A funcionalidade, que já existia para passageiros desde 2018, chega ao Brasil depois de ser implementada com sucesso na China no último ano.
Por meio da funcionalidade, o motorista pode compartilhar a sua rota com qualquer contato de sua lista telefônica por meio de WhatsApp e Messenger, com abertura do link diretamente da área que contém os dados do veículo, em complemento à opção pelo navegador de internet. A opção se assemelha a serviços já disponíveis em outros aplicativos, como o Uber.
A partir de agora, o motorista da 99 pode, também, incluir contatos de confiança. A opção permite que seja adicionado os números de até cinco pessoas para falar rapidamente, como família e amigos. Para motoristas que possuem câmera no automóvel, o botão sinalizará de maneira mais clara se a câmera está ativa e gravando.
“Além do botão de segurança, existem câmeras embarcadas nos veículos e conectadas diretamente com a central de monitoramento da companhia. Elas começaram a ser implementadas em São Paulo e Porto Alegre no ano passado e estão em fase de expansão”, conta a gerente de operações da 99 em Porto Alegre, Clarissa Brasil.
Para a segurança de usuários e motoristas, a plataforma afirma que possui uma equipe que cuida da segurança composta por mais de cem profissionais, incluindo ex-militares, engenheiro de dados e psicólogos, que trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana.
“O atendimento responde às necessidades de cada tipo de ocorrência. Por exemplo, podemos enviar um carro em ocorrências em que o veículo tenha sido levado”, explica Clarissa.
A 99 também usa tecnologia para focar a prevenção de ocorrências, como os serviços de reconhecimento facial, câmeras instaladas nos veículos, inteligência artificial que monitora todas as chamadas, mapeamento de áreas de riscos, machine learning para rastrear casos de assédio, rodas de conversas e cursos on-line para uma conduta de respeito e tolerância, além do canal de atendimento exclusivo de segurança pelo telefone 0800-888-8999.
Após as corridas, há outra camada de proteção. O aplicativo possui um algoritmo que rastreia automaticamente denúncias de assédio, preconceito ou qualquer outra forma de discriminação deixadas nos comentários ao fim das corridas, agilizando a resposta da empresa. A tecnologia foi desenvolvida em parceria com a consultoria feminista Think Eva e vale para passageiras e motoristas.
“As ações da empresa relacionadas à segurança contribuíram para a redução de 59% dos incidentes em Porto Alegre em um ano, o que mostra o sucesso da nossa estratégia”, avalia a gerente de operações.
Atualmente a 99, que faz parte da chinesa de tecnologia Didi Chuxing, está presente em mais de 1,6 mil cidades no Brasil, e conta com mais de 600 mil motoristas e mais de 18 milhões de passageiros no País.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia