Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 01 de agosto de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

aeroportos

Edição impressa de 01/08/2019. Alterada em 01/08 às 08h52min

Fraport Brasil realiza nova entrega nas obras no aeroporto de Porto Alegre

Passageiros poderão usufruir de novas salas de embarque doméstico a partir desta quinta-feira

Passageiros poderão usufruir de novas salas de embarque doméstico a partir desta quinta-feira


Fraport Brasil/Divulgação/JC
A partir desta quinta-feira (1), os passageiros do aeroporto de Porto Alegre poderão usufruir de novas salas de embarque doméstico. Serão uma nova sala de embarque doméstico remoto (Piso 1) e uma nova sala de embarque doméstico (Piso 2), localizada na área de ampliação do Terminal. Um mezanino (Piso 3) também já estará acessível após os canais de inspeção do embarque doméstico para maior conforto de todos.
A partir desta quinta-feira (1), os passageiros do aeroporto de Porto Alegre poderão usufruir de novas salas de embarque doméstico. Serão uma nova sala de embarque doméstico remoto (Piso 1) e uma nova sala de embarque doméstico (Piso 2), localizada na área de ampliação do Terminal. Um mezanino (Piso 3) também já estará acessível após os canais de inspeção do embarque doméstico para maior conforto de todos.
Com 70% das obras totais concluídas, a empresa vem, desde o final de 2018, realizando a entrega de etapas que compõem a Fase 1B, previstas no contrato de concessão. No airside, também identificado como lado ar, foram realizadas melhorias nas taxiways - vias de taxiamento - para a recuperação da pavimentação. Paralelo a isso, estão sendo construídas cinco bacias de detenção para captação de água da chuva, que atenderá também o volume oriundo da cidade de Porto Alegre.
Segundo a Fraport, no segundo semestre deste ano, a antiga área de check-in, no Piso 2 do Terminal 1, já estará pronta e atenderá somente a voos internacionais. Assim, o espaço de check-in inaugurado em abril será dedicado a voos domésticos. Uma segunda nova esteira de bagagem, com tecnologia de ponta, também será disponibilizada aos passageiros que desembarcam de voos internacionais.
Até o fim de setembro, está previsto o início das operações da companhia aérea Azul no Terminal 1. Desta forma, todas as operações serão concentradas em um único Terminal e o Terminal 2 abrigará somente a Torre de Controle e os escritórios da Fraport Brasil.
Com um investimento de R$ 1,8 bilhão, a expectativa é concluir a expansão do Terminal até outubro 2019 e a extensão da pista até 2021.

Estado requer ingresso em ação sobre Vila Nazaré

O governo do Estado apresentou ontem uma manifestação requerendo ingresso na Ação Civil Pública que busca suspender a realocação, a remoção ou o reassentamento das famílias que moram na Vila Nazaré enquanto a empresa alemã Fraport, concessionária do Aeroporto Salgado Filho, e o município de Porto Alegre, por meio do Departamento Municipal de Habitação (Demhab), não apresentarem plano de reassentamento e cadastro integral das famílias.

A ação foi ajuizada pelo Ministério Público Federal, pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, pela Defensoria Pública da União e pela Defensoria Pública do Estado contra a Fraport, a União, o município de Porto Alegre e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A petição, movida pela Procuradoria-Geral do Estado, requer a admissão do Estado na referida ação por meio de intervenção anômala ou, sucessivamente, por meio de amicus curiae, dois institutos jurídicos que possibilitam o ingresso na demanda por agentes que não estavam presentes originariamente. O documento ainda não foi apreciado pela Justiça.

Para o governo do Estado, o impedimento da realocação das famílias é capaz de paralisar ou de alterar o cronograma das obras de ampliação da pista do aeroporto da Capital.

Para garantir habitação aos moradores do local, foram construídos, com recursos públicos, dois empreendimentos, localizados na rua Irmãos Maristas, no bairro Rubem Berta, e na rua Senhor do Bonfim, no bairro Sarandi, ambos em Porto Alegre. Os dois condomínios comportam 1,6 mil unidades habitacionais.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia