Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de maio de 2019.
Dia Internacional contra a Homofobia. Dia Mundial da Internet.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

agronegócio

Edição impressa de 17/05/2019. Alterada em 17/05 às 03h00min

Colheita da safra de arroz chega a 96,4% no Estado

Dos 984.081 hectares semeados, falta colher apenas 35.822 ha

Dos 984.081 hectares semeados, falta colher apenas 35.822 ha


/JOÃO MATTOS/arquivo/JC

O Rio Grande do Sul colheu, até o momento, 948.259 hectares (96,4%) da safra de arroz 2018/2019. Em relação ao estimado de 984.081 hectares semeados, faltam apenas 35.822 ha.

A produção alcançou 7.188.677 toneladas, com produtividade média de 7.581 quilos por hectare.

Os dados são da Seção de Política Setorial do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), com informações fornecidas pelo Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater) e pelos Núcleos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Nates).

A Zona Sul está em fase final da colheita, com 99,6% do previsto, totalizando 155.058 hectares, produção de 1.264.324 toneladas e a melhor produtividade do RS: 8.154 kg/ha. Faltam pouco mais de 500 hectares para o término dos trabalhos de colheita no Sul do Estado.

A Planície Costeira Externa também está perto de concluir a colheita, com 112.152 ha finalizados (99,4%), produção de 795.650 toneladas e produtividade de 7.094 kg/ha. Depois aparece a Planície Costeira Interna, com 136.872 ha (98,7%), produção de 1.004.228 toneladas e produtividade de 7.337 kg/ha.

O levantamento mostra que, na sequência, está a região da Campanha, com 137.431 ha (97,9%), produção de 998.140 toneladas e produtividade de 7.263 kg/ha; a Fronteira-Oeste, com 282.320 ha (93,7%), 2.211.475 toneladas de produção e 7.833 kg/ha de produtividade; e a Região Central, com 124.426 ha (92%), produção de 914.859 toneladas e produtividade de 7.353 kg/ha.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia