Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

BANCOS

13/05/2019 - 13h30min. Alterada em 13/05 às 13h30min

Itaú anuncia plataforma de pagamento instantâneo via QR Code

Nova plataforma estará disponível no terceiro trimestre de 2019

Nova plataforma estará disponível no terceiro trimestre de 2019


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Estadão Conteúdo
O Itaú Unibanco anunciou na manhã desta segunda-feira (13), o lançamento de uma plataforma de pagamentos instantâneos através de QR Code - um código de barras em 2D que pode ser lido pelos telefones celulares. O chamado "iti" faz transferências sem cobrança de taxas via celular entre cliente e empresa ou mesmo entre pessoas físicas 24 horas por dia. Para a operação, não é necessária maquininha ou cartão físico.
A transferência instantânea por aplicativo não é uma novidade no mundo. Na Ásia, o método de pagamento é bastante popular em países como a China, onde a Alipay - braço da gigante do comércio eletrônico Alibaba - é líder no segmento.
No Brasil, várias empresas lançaram sistemas semelhantes, mas o meio de pagamento ainda não tem a mesma popularidade. No sistema financeiro, a Cielo já permite pagamentos desse tipo para clientes de alguns bancos, como Banco do Brasil e Bradesco. A plataforma de comércio eletrônico Mercado Livre, e os aplicativos de entrega Rappi e iFood também operam sistemas próprios semelhantes.
Na plataforma anunciada pelo Itaú Unibanco, usuários poderão cadastrar cartões de crédito de qualquer instituição ou creditar valores para qualquer conta bancária. Não será preciso ter conta no Itaú para usar o sistema.
Segundo o banco, o programa contará em breve com "produtos e soluções de crédito, investimentos, seguros, cartão de crédito e muito mais".
Apesar de lançada na manhã desta segunda-feira, a nova plataforma estará disponível apenas no terceiro trimestre de 2019.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia